Kurosagi – J-Movie

Antes de começar a ler esse post eu recomendo que você leia esse outro post aqui, visto que o de hoje será sobre o filme que dá sequência ao dorama Kurosagi. Logo, seria melhor você entender um pouco sobre o que o dorama trata primeiro.

Kurosagi (2008), o filme, é uma continuação direta do dorama com o mesmo nome, que fez um bom sucesso em 2006 estrelando Tomohisa Yamashita no papel principal de Kurosaki, um Robbin Wood moderno, trapaceador dos trapaceiros, e Horikita Maki como Yoshikawa, seu contra ponto e possível escape amoroso para a novela. O filme começa de forma estilosa, relembrando o estilo debochado de Kurosaki ao enganar outros shirosagis e consegue explicar de forma rápida sobre o que se trata, fazendo possível que mesmo quem não viu o dorama possa ver o filme com poucas dificuldades.

Mas se temos aqui os mesmos protagonistas e uma continuação direta, não é difícil perceber as diferenças entre a novela e o filme. Enquanto no primeiro encontrávamos um equilíbrio entre as cenas policiais e a comédia leve, muito por causa das boas interpretações de Tomohisa. No filme isso pouco aparece, Kurosaki está mais amargurado, principalmente após um de seus planos resultar na morte de um inocente, refletindo em um filme sério, sem muitos espaços para o humor.

O filme praticamente ignora o quase-romance entre Kurosaki e Yoshikawa, o que é bom até certo ponto, pois eu mesmo reclamei sobre isso no meu post sobre o dorama, mas é ruim por outro lado ao deixar uma atriz do porte de Horikita Maki praticamente nula o filme inteiro. Sério, nas suas poucas aparições ela quase não fala e quando fala ainda é ignorada, o que me faz ficar perdido com seu sorriso no final do filme (parece que aqui cabe a velha máxima de que mulher gosta é dos cafajestes, o que eu acho bizarro), afinal transformaram uma personagem com caráter e determinação em uma mulher que sorri para a indiferença de um homem… sem sentido.

O filme se concentra praticamente em apenas um caso, onde uma mãe foi enganada e precisa recuperar o dinheiro para que sua filha possa fazer uma cirurgia cardíaco no exterior. Em suas duas horas, porém, mesmo com o sumiço das partes românticas, o filme não consegue engrenar momentos de adrenalina, diferente dos episódios finais do dorama. Além disso, nem um final fechado é feito, deixando a possibilidade de uma nova continuação, o que pessoalmente eu achei uma falha, pois esperava que cada ponta deixada pelo dorama fosse amarrada nesse filme.

A verdade é que o filme não convence, chegando a ser apenas levemente divertido. Se me dissessem que era um episódio especial de duas horas eu acreditaria, já que pouca diferença se vê entre um episódio mais fraco da novela e este filme. Para aqueles que realmente gostaram do dorama, vale a pena ver pois são apresentadas algumas informações interessantes sobre o caso que levou o pai de Kurosaki a matar toda sua família, mas se você apenas gostou um pouco, o filme não tem muito a acrescentar e eu recomendaria que você usasse seu tempo para outras coisas.

Esse post foi publicado em Filmes asiáticos, Filmes Japoneses e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Kurosagi – J-Movie

  1. mittels disse:

    Eu não gostei do filme de Kurosagi. Eu lembro que na época que ia sair foi um surto imenso, porque eu tinha adorado o drama e o trailer até que era promissor. Mas, como você falou, o filme é realmente muito parado, jogaram a Horikita totalmente pra escanteio e a história não convence.

    Esse filme teria potencial pra ter sido MUITO melhor, porque a história É interessante. Mas na minha opinião não souberam trabalhar direito (assim como em Hana Yori Dango – o filme que era pra fechar com chave de ouro acabou sendo um ‘extra’ totalmente dispensável para a história original).

  2. bruna disse:

    acho que eles deviam ter aproveitado melhor o espaço para o filme, não acho que o filme foi ruim, existem muitos piores e claro que melhores também, ele foi um filme na média!
    como o amigo ai de cima disse na época em que foi lançado estava um surto então todos esperavam muito mais dele, além de todos quererem que o romance dele com a Horikita acontecesse com mais ênfase, e isso não aconteceu!

Os comentários estão encerrados.