Giant Killing – Primeiras Impressões

Olá caros leitores! Percebem como vem post atrás de post? É a nova temporada, são muitos animes saindo ao mesmo tempo e pouco tempo para comenta-los. Pra falar a verdade eu nem deveria estar aqui, mas sim estudando, mas como não resisto, vim aqui para comentar sobre o anime Giant Killing.

Para aqueles que não acompanham futebol, ou futebol internacional, existe na Inglaterra (e em outros países, claro) a chamada FA Cup, traduzindo, a Copa da Associação de Futebol. Iniciada em 1871, é a copa mais antiga de uma associação de futebol (o que é fácil de entender, visto que os ingleses são os inventores do esporte). Nela, todos os times do país tem uma chance de seguirem na competição, desde os mais badalados da Premier League quanto os das divisões mais baixas (e são muitas divisões na Inglaterra!). Com esse formato, é possível que um time sem expressão alguma, mesmo times amadores (com jogadores que não tem como profissão principal o futebol), siga no campeonato e seja campeão. Esses times são conhecidos como “Giant Killers”, Eliminadores de Gigantes.

O anime Giant Killing, baseado em um manga seinen do autor Tsunamoto Masaya, usa justamente desse conceito. Tatsumi Takeshi era uma grande promessa para o time japonês ETU (East Tokyo United), mas largou o time e foi fazer carreira como jogador na Europa. O time, antes forte e com uma torcida apaixonada, foi perdendo seu prestígio depois da saída do seu principal jogador. Com isso outros foram embora, incluindo um jogador brasileiro chamado Jorginho. O time entrou em crise, foi rebaixado e hoje poucos torcedores ainda acompanham as partidas. Apesar disso tudo, o veterano Murakoshi Shigeyuki, jovem promessa na época em que Takeshi saiu do time, conseguiu trazer o time de volta à primeira divisão à duras penas, mas ainda assim a situação é crítica, com jogadores saindo e técnicos sendo vendidos constantemente. Procurando uma saída, a diretoria do time resolve trazer de volta aquele que abandonou o time, Takeshi, agora técnico de futebol e famoso na Inglaterra por ser um ‘Giant Killer’. Sua volta revolta os poucos torcedores, que vêem nele um traidor, mas trás nos antigos uma ponta de esperança.

A minha descrição alongada do anime é uma pista do que você vai encontrar em Giant Killing. Não pense em um novo Super Campeões, diferente do anime que fez certo sucesso no país, aqui não estamos falando de um shounen, não haverá “bolas amigas”, nem ‘chutes do tigre’ ou coisas do estilo exagerado. Giant Killing na verdade nem sequer parece focar muito no futebol em si, tanto que a animação das partidas não é um primor (apesar de ser melhor e mais realista que aquelas de Super Campeões), mas sim nas relações entre um técnico de futebol e um time desacreditado. É mais ou menos como comparar jogar Winning Eleven com Championship Manager.

O primeiro episódio me animou bastante, principalmente o seu início, dando um ar futebolístico muito bom. Já o segundo não foi tão bom, mas era de se esperar, a série terá 26 episódios, é preciso dar tempo para as coisas acontecerem. Quanto aos quesitos técnicos, Giant Killing é produzido pelo instável estúdio DEEN, tem um traço simples, mas satisfatório e que encaixa tanto com a arte original do mangaka quanto com o estilo da história. A animação é mediana, falhando algumas vezes, mas é boa o suficiente para reproduzir lances de futebol de uma perspectiva realista.

Um grande ponto positivo a se destacar é a abertura do anime, que diferente das aberturas normais foge um pouco dos padrões, misturando rock com uma espécie de música britânica folclórica, ficou bem interessante e muito boa de ouvir. Seu encerramento também é bom, mas não tanto quanto a abertura.

Se eu tivesse visto apenas o primeiro episódio, estaria apostando muito alto nesse anime, mas o segundo episódio esfriou um pouco as coisas. Não que tenha sido ruim, bem longe disso, provavelmente o bom nível do primeiro é que tenha se destacado demais frente ao segundo. Além disso, é bem diferente a visão que um japonês tem do futebol para a visão que um brasileiro tem, principalmente um viciado como é o meu caso.

Um anime de futebol, mas não exatamente sobre futebol está longe do hype dos fãs em geral, e posso exemplificar isso com a votação que coloquei aqui no blog (já votaram?), onde Giant Killing teve um único voto… o meu! Se você for fã do esporte bretão dê uma chance, vai encontrar um material bem interessante. Se não for, ainda sim recomendo, Giant Killing tem potencial suficiente para virar um… ‘giant killing’ e surpreender nessa temporada.

(Já curtiu a página do Gyabbo! no Facebook?)

Esse post foi publicado em Animes, Primeiras impressões e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

22 respostas para Giant Killing – Primeiras Impressões

  1. Orange disse:

    Eu gosto de futebol (Acompanhar futebol, sou uma merda jogando xD), esse é o primeiro anime que eu vejo do assunto, não vou poder comparar muito bem, mais se os outros animes do ramo são pior do que esse meldels.

    O único ponto positivo do primeiro episódio foi o começo, gostei da forma que mostraram o futebol.

    Ponto negativo é que tem muiiiiito personagem irritante.

    Enfim, eu ainda vou dar uma chance para esse anime, pois tem potencial. Não assisti o segundo episódio, mais se a série for decaindo eu paro de assistir, até lá vou aguentar até o episódio 4~5~6.

  2. Esse anime para mim foi a grata surpresa da temporada, estou assistindo e adorando!!!

    Uma coisa legal foi mostrar o fanatismo dos torcedores, com eles indo até o treino protestar no 1º episódio xD

  3. Fernando Eduardo disse:

    Posso não gostar de futebol, mas isso não me impediu de assistir Super Campeões, não será esse que deixarei de ver.

    Como já tinha dito antes, o traço me parece ser bom, talvez com ele eu me empolgue com futebol.

    P.S.: Confesso que quando comecei a ler a descrição, achei que a história seria algo parecida com a do Hiruma de Eyeshield 21.

  4. Alexandre disse:

    Sinceramente, eu conheço o mangá e por isso é o anime que eu mais esperava nessa temporada.

  5. Caio Ferreira disse:

    Não assisto um bom anime sobre futebol desde Capitain Tsubasa e Deus sabe que eu gostava daquilo! Vou dar uma olhada nesse, obrigado pela dica!

    (E obrigado também pelas dicas, certamente ajudaram!)

    Caio
    http://www.mar-de-papel.blogspot.com

  6. Lucas disse:

    Gostei muito dos dois primeiros episodios e estou a espera do terceiro ,realmnte eu achei muito bom!
    Nunca gostei muito de Super Campeões ,mas me viciei no anime Hungry Heart(se gostam de futebol n podem deixar de assistir esse) q tem mais ou menos a mesma tematica…Esse ai eu vou acompanhar ate o FIM XD

  7. Pingback: K-ON!! – Primeiras impressões « Gyabbo!

  8. $ R . D . M $ disse:

    Cara esse anime ta prometendo!! Soh to esperando eles irem pro Mundial de Interclubes e vencerem o Barcelona ;D tomara que a ideia do anime seja rodar o mundo passando nos melhores campeonatos do mundo , Brasil , Inglaterra, Italia, Espanha , ai sim o anime vai ta muito foda XD

  9. Pingback: Ponto Caffé | Giant Killing

  10. jhon disse:

    yo pienso que el manga de Giant Killing esta mas enfocado
    al publico adulto y poco a poco se va desarrolando la historia de los deportistas en el terreno de juego y pienso que es mas un estilo real entre tecnico y jugadores y sus diferentes facetas como personas y deportistas
    y como puede lograra un tecnico sacar un time de fulbol adelante junto con los jugadores y sus fans del time

  11. ei, anime pirado este, amei logo de cara, tomara que continue por muito tempo
    hehe

  12. Elfo disse:

    Só pra constar

    A música de abertura é do “The Cherry Cokes” e o estilo é Irish punk, recomendo duas bandas, The Real Mckenziez e The Mahones.

    ETU, ETU, ETU……hhehehehehhe

  13. sadao disse:

    eu já estou no 12 e acho este uym dos melhores animes de esporte e estrategia q eu vi!

  14. shamps disse:

    p\ mim foi surpresa: fui assisitir o primeiro episodio só por assistir… não fui dormir aquela noite sem ter assistido os 5 que tinham saído (na época). Sério, um dos meus favoritos no momento, não esperava gostar tanto de um anime de esportes *_*
    eu fico triste pela animação ser mediana, esse anime merecia um cuidado especial \o

  15. weverton disse:

    muito bom esse anime gostei muito nota 10000

  16. RuiBond7 disse:

    muito bom esse anime. se gostam de animes de futebol precisam ver WHISTLE! com o Kazamatsuri. muito bom tbem.
    sou só eu ou o Tatsumi se parece com o treinador português José Mourinho???

  17. Edson disse:

    Não adianta querer comparar com Capitão Tsubasa ou com Hungry Heart, pois o foco é totalmente diferente, os jogadores não são os protagonistas principais e sim os técnicosn o qual é destacado o Tatsumi Takeshi.

  18. Rafah disse:

    Na boa, exelente anime jah assisti 20 episódios , e garanto que as partidas são muito mais emocionantes que qker outro anime do genero , sem contar que ele tem mesmo aquele ar de realidade transmitido, muito bom xD

  19. Valdner disse:

    Pessoal, gosto de futebol, vou ao estádio torcer pelo meu time e acompanho as resenhas pelas rádios e TVs e vendo este anime concluo que o autor acertou em cheio no tema. A maneira como o Tatsumi e os jogadores veem o futebol não é totalmente igual ao nosso, mas ao mostrar as reações de diversos tipos de torcedores de um time de futebol foi absolutamente real, além de todo o trabalho daqueles que se dedicam pelo time no bastidores (funcionário) que amam o time é sensacional. Outro ponto muito forte é a análise tática dos jogos, mostra bastante como cada técnico, além do Tatsumi, monta a sua equipe e a põe sua filosofia em prática, é mais ou menos como os bons técnicos trabalham quando possuem recursos limitados e vice-versa. Para amantes do futebol, vale muito a pena assistir e para que não é, mas gosta de animes, vale assistir porque é um boa maneira de entender o esporte e porque ele é tão apaixonante.

  20. Pipo disse:

    Esse anime eh MUITO bom……….. estavam aparecendo muitos animes ruins durante algum tempo,isso digo de tudo que é genero…. gostei muito se super campeôes mas esse com ctz eh melhor pela realidade!

  21. jenecy disse:

    eu gostaria q o giant killing passase na tv aberta

  22. Pingback: Giant Killing – Conclusão | Gyabbo!

Os comentários estão encerrados.