Os melhores de 2010

Feliz Ano Novo pessoal! Que 2011 seja ótimo para todos vocês! E é para começar o ano muito bem que venho com o grande post dos melhores de 2010. Aproveite para relembrar o que tivemos de melhor nesse ano que passou, aproveite e deixe os seus favoritos também. Vamos lá:

Melhor Shounen/Seinen

Giant Killing

Conseguindo mostrar os bastidores do futebol, Giant Killing foi uma caminhada surpreendente através das emoções que esse esporte consegue evocar em seus apaixonados. Sem grandes espectativas dos fãs de animes, usando um jargão da área, o anime foi uma gratificante zebra.

Segundo lugar: The World god Only Knows

Terceiro lugar: Baka to Test to Shoukanjuu

Melhor Shoujo/Josei

Kuragehime

Cinco diferentes otakus mulheres e um homem que gosta de se vestir de mulher. Por mais insano que essa base seja, Kuragehime se mostrou uma obra sensível e romântica, sem nunca perder o bom humor.

Melhor movie

Suzumiya Haruhi no Shoushitsu

Depois do fracasso que foi o Endless Eight para o imenso fandom de Haruhi Suzumiya, muita coisa pesava nas costas de Suzumiya Haruhi no Shoushitsu. Felizmente o movie fez juz ao nome e se mostrou uma das animações mais fantásticas do ano.

Segundo lugar: Fate/stay night: Unlimited Blade Works

Terceiro lugar: Bungaku Shoujo

Melhor personagem feminino

Tsukimi Kurashita (Kuragehime)

Diferente de outras garotas otakus por aí, Tsukimi tem muito mais a mostrar, seja com sua beleza escondida ou com sua personalidade peculiar. Engraçada, divertida, pensativa e ingênua, se o melhor Shoujo/Josei da temporada foi Kuragehime, em grande parte se deu por ela.

Segundo lugar: Celty Sturluson (Durarara!!)

Terceiro lugar: Yuki Nagato (Haruhi Suzumiya)

Melhor personagem coadjuvante feminino

Manami Tamura (Ore no Imouto ga Konnani Kawaii Wake ga Nai)

Ser a melhor personagem de um dos animes mais decepcionantes do ano pode não parecer grande coisa, mas Manami conseguiu nas suas raras aparições fazer com que o anime fosse não só tragável, mas agradável. Merecia um spin-off!

Segundo lugar: Saori Makishima (Ore no Imouto ga Konnani Kawaii Wake ga Nai)

Terceiro lugar: Hibiki Tsukahara (Amagami SS)

Melhor personagem Masculino

Kyon (Suzumiya Haruhi no Shoushitsu)

Kyon já está marcado como um dos melhores protagonistas dos animes, sua participação mais do que crucial no Suzumiya Haruhi no Shoushitsu só veio a confirmar isso. Ainda mais agora que Kyon sabe o poder que tem.

Segundo lugar: Shizuo Heiwajima (Durarara!!)

Terceiro lugar: Yuzuru Otonashi (Angel Beats!)

Melhor personagem coadjuvante masculino

Simon Brezhnev (Durarara!!)

Durarara!! é uma verdadeira coleção de personagens interessantes e entre eles um dos que mais marcaram, mesmo sem uma grande relevância para história, com certeza foi Simon, o Grande russo-shushi man. Carisma pura!

Segundo lugar: TK (Angel Beats!) – Esse foi por muito pouco!

Terceiro lugar: Yuuji Sakamoto (Baka to Test)

Melhor abertura

Giant Killing

A junção de um punk estilo irlandês feito pela banda “The Cherry Coke$” pulsante com uma sequência animada que mostra exatamente o objetivo do anime dão a Giant Killing essa vitória certa.

Segundo lugar: The World god Only Knows

Terceiro lugar: Angel Beats!

Melhor encerramento

Rainbow

Provavelmente o encerramento mais simples do ano, mas muito forte, em completa sintonia com o seu anime.

Segundo lugar: Baka to Test

Terceiro lugar: Giant Killing

Melhor estúdio/Produtores

Aniplex (Shiki; Durarara!!; Angel Beats!; Ore no Imouto; Occult Academy)

Apesar de não ser um estúdio de animação, mas sim uma produtura, a Aniplex merecia esse prêmio pelos diversos ótimos animes em que esteve envolvida essa ano, em grande parte os melhores.

Segundo lugar: Kyoto Animation (K-ON!!; Haruhi Suzumiya no Shoushitsu)

Terceiro lugar: Studio DEEN (Giant Killing; Fate/stay night: Unlimited Blade Works)

Melhor seiyuu feminino

Kana Hanazawa (Kanade Tachibana – Angel Beats!; Mato Kuroi – Black Rock Shooter; Touko Amano – Bungaku Shoujo; Anri Sonohara – Durarara!!; Tsukimi Kurashita – Kuragehime; Ruri Kuroneko Gokou – Ore no Imouto).

Eu realmente preciso dizer algo depois dos personagens que listei? Kana Hanazawa só perde na cabeça de fanboys.

Segundo lugar: Hirano aya (Asakura Miu – Bungaku Shoujo; Dende – Dragon Ball Kai; Haruhi Suzumiya – Suzumiya Haruhi no Shoushitsu).

Terceiro lugar: Aoi Yuuki (Mina Tepes – Dance in the Vampire Bund; Shinra Kishitani – Durarara!!; Sunako Kirishiki – Shiki; Noël  Kannagi – Sora no Woto).

Melhor seiyuu masculino

Tomokazu Sugita (Hoshi – Arakawa Under the Bridge; Keisuke – Togainu no Chi; Kyon – The Disappearance of Haruhi Suzumiya).

Quem consegue fazer o Kyon e o Hoshi na mesma temporada merece esse prêmio.

Segundo lugar: Hiro Shimono (Akihisa Yoshii – Baka to Test; Keima Katsuragi – The World god Only Knows).

Terceiro lugar: Junichi Suwabe (Archer – Fate/stay night: Unlimited Blade Works; Shuu Koibuchi – Kuragehime).

Melhor lançamento nacional

Hiroshima – A cidade da calmaria (JBC)

Simples, mas tocante. Hiroshima – A cidade da calmaria é um título certo para sair da mesmice do mercado.

Segundo lugar: Spicy Pink (Panini)

Terceiro lugar: Hetalia (NewPop)

Melhor editora nacional

NewPop (Hetalia; Dororo; Metrópolis)

Movimentando o mercado e inovando, a editora NewPop merece o posto de melhor editora do ano ao juntar qualidade gráfica e qualidade no material publicado.

Segundo lugar: Editora JBC

Terceiro lugar: Editora Panini

Maior surpresa

Relançamento de Evangelion pela editora JBC

Pegando todos de surpresa a editora JBC anunciou esse ano a volta de um dos maiores fenômenos da indústria japonesa de animes e mangas, Neon Genesis Evangelion. Mais ainda, surpreendeu ao continuar o formato do antigo manga da editora Conrad.

Maior FAIL

Naruto Pocket (Editora Panini)

Depois de quase um ano de atraso chegou Naruto Pocket lançado pela editora Panini. O que era pra ser uma edição Pocket foi um manga no mesmo formato de tantos outros da editora, com apenas R$1,40 de desconto. Bela versão Pocket, hein?

Segundo lugar: Dance in the Vampire Bund

Terceiro lugar: Sora no Woto

Melhor série

Durarara!!

Durarara!! prometeu muito e certamente cumpriu. Com seu elenco cheio de personagens carismáticos e intrigantes, uma história que prendia o espectador, uma animação de primeira e ótima trilha sonora, não havia como escolher outra série.

Segundo lugar: Giant Killing

Terceiro lugar: K-ON!!

Agora que venham os de 2011!

E você? Quais foram seus favoritos?

Esse post foi publicado em Os melhores do ano e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

27 respostas para Os melhores de 2010

  1. bepowerful disse:

    A NewPop está crescendo cada vez mais, bom ver que as pessoas do meio estão dando valor, e a Jbc ter trazido evangelion foi um surpresa realmente boa, espero que os boatos da panini estar negociando One Piece se concretize em 2011 e no proximo Os melhores de, One Piece sendo relançado esteja x)

  2. Arthur disse:

    Não assisti nada de 2010 exceto por Tatami Galaxy, porém duvido que qualquer coisa lançada nesse ano tenha superado esse masterpiece. /fuuh

  3. Um… A melhor abertura do ano foi Kuragehime. Acho que não tem outra que supere.

  4. Panina Manina disse:

    Mas essa Kana Hanazawa é mesmo uma graça.

  5. Leandro Nisishima disse:

    Mas essa Kana Hanazawa é mesmo uma graça [2]

  6. Saudações

    Como foi o seu final de ano, Denys!? Espero que tenha sido muito bom. E que em 2011 seja tudo ainda melhor, certo!?

    Sobre a postagem em si, tenho algumas opiniões divergentes à sua.

    * melhor Shounen/Seinen: colocaria a estória de “The World god Only Knows” ( “Kami nomi zo Shiru Sekai” ). Achei ela envolvente e muito divertida. Além desta premiação, o anime em questão teve também a melhor abertura do ano;

    * melhor série: para minha pessoa foi “Working!!”. O porquê para tanto está no fato do anime em si ter sido simples e direto em sua filosofia. Uma comédia bem na medida, como não se via há a algum tempo;

    * melhor lançamento mangá nacional: “Elfen Lied” superou toda e qualquer perspectiva inicial que minha pessoa tivesse sobre a obra;

    * melhor movie: para mim, “Bungaku Shoujo” foi sublime o bastante. O segundo lugar fica com “Mahou Shoujo Lyrical Nanoha: The Movie 1st” e, depois deste, vindo a nova estória de Suzumiya Haruhi ( um ótimo movie também ).

    É apenas uma opinião pessoal, ok?

    Excelente trabalho, amigo Denys!

    Até mais!

  7. Roberta disse:

    Waahhh, muito legal, muito legal a postagem ^_____^

    Também tenho algumas opniões diferentes em alguns pontos; Não tem como a abertura de Giant Killing ser melhor que a de Kuragehime.

    Jbc ser melhor que a Panini é meio complicado, a Panini esse ano evolui bastante, colocou paginas coloridas e contra capas coloridas em seus mangas, não existe mais meio tanko nos lançamentos recentes, em questão de tradução, preço e extras nos mangás (comentários dos autores nas abas,contra-capas). Tanto Jbc, quando Panini ainda tem muitos defeitos, mas eu acho que tecnicamente, esse ano a Panini conseguiu ficar um nivel pouco acima da Jbc que continua cobrando preços abusivos e investindo em traduções porcas em alguns mangás (ainda bem que Rosario Vampire está dentro do aceitavel T__T).

    Ps.; Kana Hanazawa é mesmo uma graça *-*

  8. Rkun18 disse:

    Cadê Fairy Tail na categoria Fail?
    Antes, realmente achava a Panini inferior a JBC, principalmente devido à falta de organização e aos títulos cancelados. Mas depois de ver a tradução de Fairy Tail, tive certeza que a JBC decaiu…

  9. Mei Linwau disse:

    Outra coisa que foi surpresa nesse ano, para mim, foi o lançamento de mangás com as primeiras páginas coloridas… JBC com Miyuki-chan in Wonderland (com um precinho salgado) e a Panini com Sugar Sugar Rune. Mas com certeza adorei o Alice in Wonderland que a Newpop lançou xD

    E eu concordo em grande parte com sua lista, mas para mim a melhor série do ano foi Shiki. Ah, esse filme da Haruhi foi mágico! Kyon certamente é meu personagem favorito do ano ♥ acho que valeu até a pena assistir o Endless Eight, pois deu pra sentir a emoção ao ver o filme! xD

  10. Cari disse:

    Acho q maior surpresa pra mim foi depois de 13 anos ( não que eu visse animes há 13 anos ), mas depois de tanto tempo vão fazer Berserk novamente!

    Falando nisso, já foi divulgado se será remake ou segunda temporada???

  11. Halan disse:

    Acho que esse ano tivemos alguns lançamentos bem melhores que Hiroshima… :(
    Kekkaishi foi uma grata surpresa.. não esperava muito do mangá e se tornou um dos shonens mais legais em publicação por aqui.
    Tivemos também Dororo e Metropolis pela NewPop com uma qualidade ótima(surpresa do ano talvez?), Hetalia, Black Bird e até mesmo Hikaru no Go (não me lembro se é mesmo desse ano… se não for me corrijam. Chutei que é pq está atualmente na edição 12).

    Como Fail do ano, concordo com o Rkun18 que o posto é de Fairy Tail. Maior expectativa sobre o mangá e acabou sendo um dos lançamentos mais criticados na internet. Se for comparar Naruto Pocket foi até bem , levando em consideração que é um título que vende, foi publicado com qualidade padrão da Panini e não houveram reclamações (não que eu tenha visto em fóruns ou internet).

    Sobre editora, a NewPop realmente está se superando ultimamente. Acredito que tenha um grande potencial se começar a se preocupar mais com a distribuição (o motivo da maior parte das reclamações sobre a editora).

    enfim.. não assisti muitos animes esse ano para falar sobre, então prefiro não opinar muito… Mas Durarara foi realmente muito bom :D

  12. Ryo disse:

    Só corrigindo, NENHUM mangá da Panini tem o mesmo formato de Naruto Pocket.

    Os formatos menores da Panini ainda são um pouco mais compridos que Naruto Pocket.

    • Denys Fantasma Almeida disse:

      @Ryo

      A correção não corresponde, mangas como Eensy Weensy Monster ou Vampire Knight tem o mesmo tamanho de Naruto Pocket por exemplo.

      Gyabbo!

  13. doug uchiha disse:

    Caro amigo Denys…primeiramente parabens por mais uma bela materia do site. Gostaria de saber qual a relacao certa para acompanhar os OVAs e o filme de Bungaku Shoujo. Vi que voce listou a serie logo acima e sempre tive a curiosidaden de acompanhar a historia, mas sempre esbarrei na ordem de lancamento, afinal se nao me engano tem um especial antes da serie de OVAs nao? e o filme onde ele entra? posso assisti-lo antes? Ele e um resumo da serie? Sei que parece uma duvida idiota, mas nunca a acompanhei por causa disso…se alguem me puder ajudar, ficarei grato.

  14. fanfinir disse:

    Tenho minahs divergencias quanto aos escolhidos, por isso é divertido os ter kkkkkkk. Quanto a abertura para mim a de Rainbow foi a melhor!!! o maior fail do ano doi a porcaria do grupo sevweriano ribeiro sacanaear geral e tira de sua grade depois de mais de 6 meses anunciando Patrulha Estelar live action. Essa doeu muito!!! quanto as expectativas de 2011 o oad msotrando o otonashi de angel beats e no fi maparecendo a frase next stage para mim e um indicativo de nova temporada. Se possivel adoraria tb ver mais um capitulo extra de durarara!! (o 12.5 foi muito engraçado e sem mudar o ritmo peculiar de durarara!!) e um capitulo especial mostrando a visão do ataque nos zumbis em washnton ambientado em HOTD.

  15. Tanko disse:

    Parabéns pelo post! Concordo com a maioria das suas opiniões… mas será que seria exagero dar prêmio triplo para KurageHime? É uma excelente abertura.

    Sobre a melhor editora ser a NewPOP, não poderia concordar mais, além dos lançamentos mencionados, a editora ainda publicou novels de Gravitation, investimento duplo em uma mídia e um gênero pouco explorados no país. Nós do Blyme esperamos ver mais novels e mais yaoi no ano de 2011.

  16. kako disse:

    gosto mto da Kana Hanazawa, mais na minha opnião melhor seyuu feminina é Yuuki Aoi

  17. alchemistnany disse:

    Gostei muito do seu post, Denys =D Pô, você é demais ^^

    2010 foi meio tenso, não consegui ver tanto anime, ao menos DuraDura tinha que ver! Hahaha Mas na questão dos filmes, pô, Mahou Shoujo Lyrical Nanoha Movie 1st foi bom demais, mas concordo que esse filme de Haruhi foi bom demais, perfeito! E nhaa, o Kyon é demais ♥_♥ Hahaha

  18. Kyon disse:

    gostei do post, mas estou meio sem vontade de escrever denovo os meelhores para mim então vou xomentar só algumas categorias.

    A melhor op eu acho que realmente foi a de kuragehime e o melhor ed eu acho o de Arakawa under the bridgex bridge. E continuo achando que o maior fail do ano foi Star diver Kagayaki no takuto, se bem que seria a lei 196 se puder a considerar um fail.
    Quanto aos melhores animes do ano eu postei na segunda parte da retrospectiva sobre animes do ano lá do Anime Portfolio (http://animeportifolio.wordpress.com/%E2%80%9Canimes-em-2010-uma-retrospectiva-do-que-saiu-neste-ano%E2%80%9D-por-kyon-%E2%80%93-parte-final/).

    De qualquer jeito espero que 2011 seja um ano muito bom para o Gyabo!! também.

    Ps,: Gostaria que me adicionasse no msn se possível. O meu msn é apraia@gmail.com

  19. DougFloriano disse:

    Ainda acho que K-on e Angel beats deviam estar melhor representados ae rsrs
    Mas Kuragehime é tao bom qt
    Achei que Bakuman podia a menos ser comentado =/

  20. Natalia disse:

    Boa lista. Mas acho que Kuragehime merecia o prêmio de melhor abertura. :]

  21. Macumba pro meu Orixá disse:

    Boa lista. Mas acho que Kuragehime merecia o prêmio de melhor abertura. :]

  22. Pingback: Temporada de Primavera 2011 | Gyabbo!

  23. Pingback: Os melhores de 2011 |

  24. renamodys disse:

    você não quis dizer ‘melhor editora nacional no quesito lançamento’ ao invés de ‘melhor editora nacional’? porque acho que na segunda opção você devia ter levado em consideração outras coisas.

  25. Heitor disse:

    TK FOREVER

  26. BordelAnimes disse:

    Naruto pocket foi super, super bem-vindo.

Os comentários estão encerrados.