Beelzebub – Primeiras impressões

Olá a todos! A temporada de inverno tomou ritmo e as estréias chegam uma atrás da outra, por isso não há muito espaço para esperar entre um post e outro. Sendo assim, vou direto para as primeiras impressões do anime Beelzebub.

O Studio Pierrot já é bem conhecido por suas adaptações de mangas da Jump, especialmente da Weekly Shonen Jump, como Yuyu Hakusho, Bleach e Naruto, todos animes com mais de uma centena de episódios. Beelzebub é a mais nova animação do estúdio a estreiar e eu não duvidaria nada se com o tempo ela se juntasse também a essa lista de adaptações longevas. Iniciado em fevereiro de 2009 nas páginas da Jump pelo mangaka Ryuuhei Tamura, Beelzebub já conta com nove volumes encadernados e parece que seguirá firme por longo tempo nas bancas.

A premissa é bem simples, até por estarmos falando de um manga de comédia: Oga Tatsumi é um primeiro-anista da Ishiyama High, uma escola formada pelos maiores deliquentes do país, e entre eles, Oga é o maior. Um dia o jovem está vivendo seu cotidiano, surrando e humilhando outros delinquentes quando vê um homem gigantesco flutuando pela margem de um rio. Dentro deste homem, Tatsumi encontra um bebê de cabelos verdes que logo se apega a ele e suas tentativas de assustá-lo com caretas malignas.

A verdade é que esse estranho bebê, que quando irritado solta eletricidade pra todos os lados, é o filho do capeta, o coisa-ruim. Só que este está ocupado demais no inferno jogando seu P2P, entre outras obrigações inadiáveis, para dar uma passadinha na Terra e destruir a humanidade. Sendo assim, ele envia seu filho para crescer e destruir tudo no seu lugar.

Beelzebub era um dos animes mais aguardados desta temporada por já contar com uma boa base de fãs que lêem o manga pela internet (infelizmente não o temos nas nossas bancas e tenho minhas dúvidas se ele virá. Não sei por quê, mas mangas de comédia não são muito prestigiados por aqui, com um nome desses então, mais complicado ainda) e pelo primeiro episódio parece que não irá desapontá-los.

A animação do Studio Pierrto não é exatamente um primor, mas para um anime que pretende ter dezenas de episódios isso não é nenhuma novidade, todos nós já conhecemos como é. O importante é que o episódio foi realmente engraçado, num estilo meio paspalhão e caricato, muito divertido, provavelmente a comédia da temporada e que tem muito a crescer. Lembra um pouco Gintama (tá, não tem muito a ver, mas me lembrou).

No elenco nós temos o competente Takahiro Mizushima no papel principal, que recentemente esteve fazendo Fumiaki de Occult Academy e anteriormente participou da ótima comédia Seto no Hanayome também no papel principal, bom retrospecto devo dizer. Outra coisa interessante é a seiyuu Suyuki Sawashiro, a mesma de Celty do anime Durarara!!, fazendo a “voz” do bebê Beelzebub IV, mesmo que o mesmo só fale “Da” ou “Daabuu”.

A abertura é bem animada e foge um pouco das aberturas mais comuns, com sua música carismática, certamente uma boa opção nessa temporada. O encerramento tem uma música bem agradável, mas sua sequência animada não empolga.

Beelzebub é um anime que estava em falta há algum tempo, uma comédia simples e honesta que certamente o fará rir bastante.

Recomendo.

Esse post foi publicado em Animes, Primeiras impressões e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Beelzebub – Primeiras impressões

  1. Pingback: Tweets that mention Beelzebub – Primeiras impressões | Gyabbo! -- Topsy.com

  2. Dexo0 disse:

    Eu gostei bastante do primeiro episódio, só acho que abusaram um pouco da piada da eletricidade, mas nem foi nada de grave.
    A voz do Oga é muito boa, bem como eu imaginava.
    O manga é espetacular, não consegui parar de ler na primeira vez que li o primeiro capitulo. Ri litros.
    Eu sempre gostei dessas histórias de delinquentes, e adoro a forma como o manga mostra isso. Mais pra frente vai ficar muuuito bom, hehe.
    Quando vi que ia ter um anime fiquei feliz, mas no segundo logo a seguir pensei “Ou não, fillers” lol, o manga ainda nem tem 100 capitulos e já tem anime então fillers não vão faltar com certeza, ainda por cima de um estúdio que faz adaptações de Naruto e Bleach. Ai ai…
    Enfim, esse era o que eu mais queria ver essa temporada e começou muito bem :)

  3. Pingback: + dois « Capuccino Gelado

  4. Hidekee disse:

    Gostei do primeiro episódio, achei legalzinho, especialmente pela Hilda fazendo dobradinha com o Oga. Mas o que achei mto chato foi a repetição da piada do bebê emitindo raio e explodindo tudo ao redor. Até o meio do anime estava achando legal mas no final já não aguentava a mesma piada…

  5. Beelzebub era um dos animes que eu mais aguardava nessa temporada e acho que começou bem. Mas concordo com o Hidekee, a piada do raio do bebê acabou ficando enjoativa depois de usada 4892 vezes… -_-
    Só corrigindo: o Mizushima Takahiro faz a voz do Furuichi e não do Oga, que é dublado pelo Konishi Katsuyuki (o seiyuu do Kamina!).

  6. douglas de freitas disse:

    Este é o anime com toda a certeza, rsrsrsrs. Perdoem-me o entusiasmo, mas havia um bom tempo que um manga me cha,ava tanta atenção. O ultimo foi certamente One Piece. Nao curto Shounens como fazia antigamente. Hoje aprecio muito mais histórias de drama e de romance. Mas Bell (vo usar o diminutivo) é demais. Tem ação, comédia e muita mas muita loucura, rsrsrsrs. Naos ei se o anime vai conseguir a mesma reprecusão do mangá. Tenho medo dos fillers. Torço para que animaçãos seja dividida em temporadas. Sei que é dificil mas nao custa nada tentar né.

  7. Inuyashiro disse:

    tipow a primeira vista o anime deu a entender q seria um sucesso…seguindo naruto e bleach….
    o manga realmente tem bastante futuro, pois e divertido, misturando luta com comedia, mais o msm n e visto no anime, é como se tivessem cortado as lutas (o q deixava o manga interessante) e no lugar botou algo do tipow comedia. Me lembro de ter visto algo parecido em Katekyo Hitman Reborn, aonde no manga ainda vemos algum “sangue”, ja no anime o personagem pode apanhar pra valer e sair no minimo com um maxucaduzinho, enfim.. a adaptaçao na minha opniao, faltou comprometimento com as lutas do manga, e pra acabar de vez com a pequenina vontade de assistir, em menos de 24 episodios, e ja tem fillers?! puts isso é pra desanimar (parei de assistir no 22 ¬¬” ). Entre as adaptaçoes feitas, a escolha do elenco ficou realmente boa ou seja a voz combina com o personagem.. Enfim axo q se tivesse menos humor e no lugar deixasse as lutas (pq serio, -.- sempre q ta na luta, so aparece imagens de ele com o punho levantado, e o delinquente “enterrado na parede”), poderia ter um futuro… Mais da forma q ta eu n levo muita fê

Os comentários estão encerrados.