Usagi Drop – Conclusão

Marcar um espectador com fortes emoções é algo relativamente simples e corriqueiro, para muitos até necessário. Muito se critica o estilo slice-of-life por não dar um objetivo para a história, mas será mesmo que isso é necessário para uma obra ser lembrada por sua qualidade? Usagi Drop prova de uma vez por todas que não.

Baseado em um manga de 9 volumes, o anime da Production I.G mostra de forma singela as mudanças na vida de um homem de trinta anos quando este resolve cuidar da pequena filha do seu falecido avô, mesmo que isso denote uma mudança radical em sua vida e nos seus planos.

Dirigido por Kanta Kamei – seu primeiro trabalho no cargo -, Usagi Drop passa uma mensagem simples, mas profunda: A vida não será fácil. Ela não se importa com quem você é. Ela será triste, complicada, dura. Mas nem por isso não valerá a pena acordar para um novo dia e ver as mágicas que irão surgir se você der chance para isso.

O primeiro episódio, uma abertura magistral para a obra, coloca isso na personagem da pequena Rin ao perder o pai e se ver rejeitada pela família que nunca conheceu. Seria simples seguir por uma rota mais dramática como fez Ano Hana e expor ao máximo – e muitas vezes exageradamente – as emoções dos personagens em troca de uma empatia com o público. Mas não, assim como a vida não é feita apenas de alegrias, ela também não é feita apenas de tristezas e as pessoas podem ser mais fortes do que alguém de fora possa imaginar.

Ouço muitos comentários acerca da desgraça que o manga vira após mais alguns volumes. Ainda não sei sobre o que se trata, mas por enquanto prefiro ficar com o belo sopro de otimismo maduro que Usagi Drop trouxe. Maduro por trazer problemas reais, dilemas próximos da vida de qualquer adulto: escolhas profissionais, relacionamentos onde só o amor não é o suficiente, dúvidas frequentes do que se escolheu. Mas otimista por sempre apresentar o lado bom dos acontecimentos, mesmo que aí resida a única crítica minha ao anime, já que tudo é um pouco feliz demais.

O estúdio Production I.G, sempre um sinônimo de qualidade técnica, consegue novamente cativar apenas – mas não só – com sua animação, lembrando um pouco a usada em Kimi ni Todoke, com cores claras e toques aquarelados. As músicas estão bem encaixadas, sendo a abertura pela dupla Puffy com certeza uma das candidatas a melhores do ano.

Usagi Drop traz de volta ao bloco noitaminA parte da essência que recentemente se perdeu. O futuro do bloco é incerto, principalmente ao vermos anúncios como o da série de Black Rock Shooter, mas séries como essas dão um fôlego extra para aquilo que espero do bloco.

Como diria o amigo Didcart do Anikenkai, assistir à Usagi Drop era como colocar um sorriso no rosto.

Leia também o post de primeiras impressões desse anime para ver as diferenças (AQUI).

Esse post foi publicado em Animes, Conclusões e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

24 respostas para Usagi Drop – Conclusão

  1. Vinicius disse:

    Sem dúvida Usagi Drop foi o melhor anime da temporada. Porém, o final deixou a desejar, acho que faltou ousadia para a produção

    • DinoRock disse:

      Discordo. O final foi perfeito, uma conclusao madura para a história em i. O filme, apesar de ter fatos que não vimos no anime também é muito churros

  2. Suzi disse:

    Sim,estava aqui lendo coisas como “nojinho da série”…e quando leio o seu post…me senti acalentada. Obrigada. Por que estou agradecendo? Porque foi por causa do seu post [com as suas apostas para essa temporada] que eu fui assistir Usagi.E não me arrependi. Não li o mangá como as outras pessoas (acho que estaria soltando fumaça pela boca se o fizesse). E,que bom que mais alguém partilha do mesmo sentimento que eu senti assistindo a esse animê ^___^

  3. Kelmer disse:

    Um anime lindo que vale cada minuto! Vejam e se apaixonem por Usagi Drop.
    Como sempre, um ótimo post, Gyabbo =D

  4. Leo-Kusanagi disse:

    O anime de Usagi Drop é lindo, bem feito e a quimica entre a Rin e o Daikichi é muito boa… mas deixo aqui um aviso sério.

    Se vocês gostam do anime, NÃO. LEIAM. O. MANGÁ. EM. HIPOTESE. ALGUMA! Vocês irão perder todo o encanto que tinham com essa série.
    Vocês podem achar que é exagero mas não é, o mangá depois de certo ponto toma um rumo absurdo, não vale a pena. Eu espero realmente que Usagi Drop NÃO tenha segunda temporada pois se tiver o risco de dar merda é altissimo. Fico feliz que a produção teve a sensatez de terminar a série, acredito eu (pq só vi até o 6 por ter ficado extremamente decepcionado com o mangá), no momento certo. Nunca mais leio nada desta mangaká. Isso é fato.

  5. Saudações

    Falar o que mais, amigo Denys?

    Usagi Drop foi o melhor anime da temporada para mim, também. E com todos os méritos. Uma história tão bem ambientada não se vê assim todo o dia, infelizmente…

    Parabéns pela ótima postagem.

    Até mais!

  6. Leo-Kusanagi disse:

    Só completando…

    Ainda assim o ANIME consegue ser um dos melhores do ano fácil.

  7. SHiN™ disse:

    Usagi não é o melhor anime do ano, até pq não teve essa pretenção, porém foi sem dúvida o anime mais gostoso de se ver, aquele cujo o tempo passava tão rápido que logo logo estava iniciando a música de encerramento. Realmente vai deixar saudades, muito embora é louvável que tenha terminado antes de começarem as cagadas…

  8. Roberta disse:

    Belo post Denys, é daqueles que agente acaba de assistir ao anime e precisa ler algo que traduza um pouco o que estamos sentindo sobre o que acabamos de ver. Aliás, eu sempre vinha aqui quando terminava um anime pra poder ler os posts de conclusão e me sentir um pouco em paz. E Production I.G. dá mais um passo para esse que vem sendo, um excelente ano pro estúdio. O anime não teve situações épicas ou reviravoltas no enredo, acho que isso foi bem legal pro fato verossimilhança. Trouxe algo da realidade pra dentro da tela, isso sim é bem ousado pois realidade demais pode soar chato. Usagi Conseguiu ser bom do inicio ao fim. Vai ser ótimo no futuro pegar alguns episódios aleatórios e assisti-los, sempre que bater a saudades XD

  9. Panino Manino disse:

    Pena que o mangá desanda, pois ele é melhor justamente no ponto da sua crítica sobre o anime ser “feliz demais”.
    No mangá, mais tempo é dedicado as dificuldades dos personagens. Alguns detalhes sobre isso foram até cortados no anime. Muitos até estão lá, mas amenizados, não se perde muito tempo martelando o quanto é trabalhoso e sacrificante essa adaptação para uma vida familiar.

  10. O anime de Usagi Drop realmente é encantador! Uma história simples, sem mistérios e muito cativante. Concordo com suas opiniões :D!
    É uma série que vai fazer falta, mas que terminou bem e sem exageros.

  11. Victor Perlin disse:

    O anime é simplesmente fantástico. Mostra as coisas boas e simples da vida como o cotidiano, família e a relaçao das pessoas uma com as outras e com o Mundo.
    A história é cativante por ter essa simplicidade, algumas vezes vi situaçoes da minha vida no anime, sem dizer a paz que cada episódio me passava. Talvez por isso fiquei bem desanimado quando acabou.
    Entao fui atrás do mangá e sinceramente, também estou começando a nao desejar uma segunda temporada. Achei o final muito triste para o Daikichi… nao vou dizer muito aqui para nao estragar, eu esperava ao menos que ele nao continuasse solteiro, mas enfim, fui frustrado em minhas expectativas. É um ótimo anime e sem dúvidas ficará marcado na vida de muitos, assim como na minha.

  12. Aí gostei bastante do seu texto, sem muito rodeio e sem repetir o que já havia se falado trouxe a sua opinião que provavelmente irá de encontro com a da grande maioria dos que assistiram a série e foram igualmente cativados por essa primeira fase do mangá em forma de anime.

    Uma dúvida. A citação no final do terceiro parágrafo e sua? A citação explica exatamente o que se passa ao leitor em Usagi Drop e parabenizo pela bela interpretação.

    Esperar o review agora do @didcart.

  13. Sai-kun disse:

    Falar o que de Usagi Drop, o anime foi ótimo, com um clima agradável e que conquistou muitos dos que começaram despretensiosamente a assistir(como eu). Bem, não leio o manga mas se for mesmo tão ruim e sem noção quanto o pessoal fala, tomara que não estraguem um ótimo anime quanto esse. Poderia dizer que é exagero das pessoas quando falam que o manga é ruim, mas não vi ninguém até agora pra dizer que o manga é bom!!!! É até difícil de acreditar que a história mude tão drasticamente, depois de onze episódios de encher os olhos!!!!

    O final foi muito bom, no meu ponto de vista, e se forem continuar espero que não estraguem este maravilhoso anime. Nem preciso falar do post que ficou realmente muito bom, como disse a Roberta, “é daqueles que a gente acaba de assistir ao anime e precisa ler algo que traduza um pouco o que estamos sentindo sobre o que acabamos de ver” , fazendo minhas as suas palavras!!!

    Valeu Usagi Drop!!!!!

  14. USagi Drop foi para mim o melhor da temporada.
    Independente de como o mangá foi o anime foi feito de maneira maravilhosa!
    Não tenho muito a dizer do bloco noitaminA por não ter um conhecimento muito amplo sobre o bloco, mas diria que este foi muito bom!

  15. Usagi Drop para mim foi um dos melhores da temporada. Não “O” melhor, mas com certeza uma experiência tremendamente agradável e um dos melhores do ano.
    O fechamento do anime lembrou-me até um pouco o de Hourou Musuko (não sei se vocês compartilham da mesma sensação), deixando um pouco em aberto; porque, afinal de contas, a história dos personagens e suas experiências do dia-a-dia não acabam ali, digamos.

    Pra mim a sensação da atmosfera da série ser muito feliz se deve ao foco nos personagens infantis e nas suas descobertas, dividido com a descoberta dos adultos de um mundo que vai exigir sacríficios e mudanças, mas trará experiências únicas com seus filhos.

    • Denys "Fantasma" Almeida disse:

      @Vinicius
      Discordo, como comentei no post, acredito que uma “ousadia” no final teria tirado boa parte da graça. Acho muito mais ousado não tentar forçar um clímax.

      @Leo-Kusanagi
      Tem que voltar a assistir, Leo, vale a pena, esqueça o manga (que por sinal estou com muito medo de ler)!

      @Shin
      Mas algum anime tem a pretenção de ser? Quem escolhe são os fãs mesmo.

      @Roberta
      Obrigado, Roberta, fico feliz que tenha gostado. E realmente, não tinha pensado, mas é um anime perfeito pra pegar qualquer episódio e rever com gosto.

      @Panino
      Interessante, isso me deu mais vontade de ler o manga, mesmo com todo mundo falando horrores.

      @Ighor H
      Sim, aquela citação é minha, fico feliz que tenha concordado comigo que explica bem o que se passa no anime.

      @Mariana
      De fato lembra o feeling de Hourou Musuko, sinto falta de mais animes assim nas temporadas. Nessa próxima, por exemplo, não há nenhum.

      Gyabbo!

  16. Pingback: Anikenkai - Anime Kenkyuukai

  17. Lippe disse:

    O que eu gostei em Usagi foi o clima alegre e gradável, que já começa na abertura excelente, a op já me deixava já num clima de que veria algo legal. Todos os eps, menos o 10, foram muito legais de ver.

    Outra coisa que curti foi o visual, muito bonito.

    Agora, nem em sonhos eu classifico isso como melhor do ano, obra-prima, ou qualquer rank alto desses xD. Porque mesmo que ache agradável de ver, ao decorrer dos episódios é uma mesmice só, você não tem coisa novas, coisas interessantes acontecendo, é uma história sem graça, sem nada de especial.

    Mas mesmo sendo uma história estilo vida real, que não tem graça nenhuma, ela poderia gerar emoções fortes se tivesse um drama, ação ou comédia forte, mas Usai não tem isso, ele só gera reações fracas. A emoção gerada por Usagi é a de achar o anime agradável, mas isso não é o que um anime excelente faz.

    Um anime realmente bom gera emoções fortes: ação que faz você se empolgar e aumentar o som, drama que faz você chorar rios, comédia que faz você rir até perder o fôlego, romance que faz você se apaixonar ou uma história que faz você dizer “Épico!”.

  18. Chris @ChrisSiqueira disse:

    Gosto de animes/mangas do tipo slice of life justamente por serem “sem graça”. A vida nunca é em todos os momentos excitante, e em usagi drop você consegue enxergar essa sutileza de como construimos alguns sentimentos aos poucos.

    Como a maioria das opiniões sobre o manga e seu final, também achei decepcinante (pra não dizer uma m.). Achei que o mangaka queria justamente arranjar alguma emoção extra pra terminar a história. E ficou uma lambança. Muito da ruim. Mas depois que passa esse “trauma”, pesando toda a história e o final, ainda acho que vale a pena ler.

  19. Pingback: Os melhores de 2011 |

  20. Pingback: Coordenando uma sala de exibição de animes |

  21. FabrYuki disse:

    pela sinopse lembra um pouco aishiteruze baby, so que provavelmente com um teor dramático nao necessariamente mais forte, e sim mais serio.

  22. Pingback: Julho/12: Apostas e Comentários | Nahel Argama

Os comentários estão encerrados.