Boku wa Tomodachi ga Sukunai – Primeiras impressões

Quando escrevi o meu post com comentários rápidos sobre os animes da temporada de Outono, classifiquei Boku wa Tomodachi ga Sukunai na categoria “Milagres acontecem, né?”. Antes da estreia, ainda assisti ao episódio zero, o que quase fez com que eu nem sequer desse um chance ao seu primeiro episódio. Felizmente, depois de ler um comentário rápido do Didcart do blog Anikenkai no Twitter, mudei de ideia.

Original de uma light novel lançada desde 2009 pelo autor Yomi Hirasaka e ilustrada por Buriki e que já conta com sete volumes, Boku wa Tomodachi ga Sukunai é a nova investida da divisão Build do estúdio AIC, responsável anteriormente pelo ruim, mas muito comentado Ore no Imouto ga Konnani Kawaii Wake ga Nai (deve ser necessário ter um nome enorme para ganhar adaptação dessa divisão).

Kodoka Hasegawa se transferiu há pouco tempo para a academia St. Chronica, um colégio católico. Graças a alguns desentendimentos, as pessoas da escola o vêem como um delinquente perigoso e isso faz com que o garoto não consiga criar nenhuma amizade na escola nova.

Um dia Kodoka está andando pelo lugar sozinho quando encontra uma garota da sua turma, Yozora Mikazuki, conversando alegremente em uma sala. O garoto estranha isso por sempre ver Yozora em silêncio e séria e acaba flagrando-a conversando com um amigo imaginário, ou um “Air Friend”, como ela mesma classifica, no mesmo estilo de uma “Air Guitar”. Ambos começam a debater sobre as dificuldades de conseguir amigos e isso dá à Yozora a ideia de criar o Clube da Vizinhança, um lugar para pessoas que tem a mesma dificuldade que eles.

É impossível não se remetar a Ore Imouto com esse primeiro episódio. Não somente pela bela animação do mesmo estúdio, mas por semelhanças na base dos enredos. Veja bem, temos um garoto ajudando uma garota com algum problema social e um leve (que eu espero que não aumente como aconteceu com Ore Imouto) apelo sexual.

Assim como seu parente, Haganai (abreviatura para o longo título da série) transita bem entre um drama simples e uma comédia moderada, o que conseguiu tornar essa primeira experiência com a série bastante agradável. É claro que eu não pretendo me enganar, essa ainda é uma série harém (pelo abertura podemos ver as inúmeras personagens femininas que ainda aparecerão) e por mais interessante que seja seu enredo, é muito difícil que ela se destaque.

(Cortesia do Leo Kusanagi do blog Mithril)

Como já comentado, a animação flui bem, juntamente com um traço bem definido e bonito, com character designs simples, mas que conseguem dar unicidade aos personagens. As músicas, a cargo de Tom-H@ck, o suposto namorado da seiyuu aki Toyosaki que está causando tanta barulho (link NSFW) entre os otakus japoneses mais doentes, são boas, principalmente a que acompanha a abertura do anime. Outro ponto positivo fica por conta do encerramento, que se não tem uma música empolgante, possui uma sequência animada bem divertida e provavelmente será a melhor dessa temporada (ver acima).

Boku wa Tomodachi ga Sukunai pode ser aquilo que Ore Imouto poderia ter sido e não conseguiu por se perder ao tentar agradar demais aos fãs. Considerando a falta de uma personagem principal tão irritante quanto a Kirino, já podemos esperar um trabalho mais sólido da série, mesmo que ela estava fadada a ficar em um nível médio.

Esse post foi publicado em Animes, Primeiras impressões e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

21 respostas para Boku wa Tomodachi ga Sukunai – Primeiras impressões

  1. Rubiopaloosa disse:

    Durante o tempo todo Oreimo nunca passou pela minha mente como comparação, mas sim Denpa Onna, já que o chara design lembra muito, o que foi um ponto positivo enorme, já que adoro Denpa Onna.
    Outra coisa boa foi o principal, ele não é o personagem personalidade e aparencia padrão da maioria dos haréms.

  2. Roberta disse:

    Que bom a o anime parece estar sendo bom. Quero poder dar uma olhadinha nele mais a frente.

  3. Rodney disse:

    Se é pra ver série média é melhor nem ver.

  4. Jessica disse:

    Eu gostei do primeiro episódio, então vou continuar vendo.

  5. Por incrível que pareça, um harém que não se parece tanto assim com um harém… Seguirei.

  6. Kaye Misson disse:

    Até gostei um pouco de Denpa, mas como você comentou no texto, a qualidade se perdeu quando tentaram agradar demais os fãs.Não pretendia dar uma chance pra Hagana, mas já vi bastante gente comentando, então vou ver.

  7. Sinceramente eu não vejo qualquer semelhança que esse anime tem a ver com ore no imouto. E não é pelo fato de um anime ter nome grande que vai fazer ele ganhar uma daptação ou não uma coisa não tem nada a ver com a outra.

    As personagens são bem desenhadas e o protagonista é interessante melhor do que muitos personagens harem, ainda falta mostrar a garota cientista e a freira loli. Cenas ecchi estou aguardando que seja feita com todas as personagens inclusive a freira loli, se ficar realmente engraçado tudo bem continuarei a acompanhar porem para quem não gosta de conteúdo sensual nos animes recomendo assistir Phii Brain ou Digimon Xros II la você não vera garotas em cenas sensuais e logicamente não ficara ofendido com isso.

    • Denys "Fantasma" Almeida disse:

      @JohnMaster
      A parte do nome foi só uma piada. Mas eu vejo semelhanças com OreImouto, sim. Ambos animes do AIC Build, ambos com um personagem masculino um pouco mais sério, ambos com duas garotas principais que vivem discutindo, ambos com o protagonista ajudando uma das garotas a resolver um problema social com um leve toque otaku no anime.

      Gyabbo!

  8. Nesse caso seria mais ponto de vista. Grande parte de animes harem costuman ter esse tipo de coisa onde tem uma tsundere e outra garota mais atirada e que discute bastante com essa tsundere.

  9. Uma coisa aleatória que me ocorreu, mas o solinho inicial de guitarra da ‘ending theme’ me lembrou o ritmo inicial de ‘Saikyou Pare Parade’ de Haruhi…
    Coisas de fanboy…

  10. Lippe disse:

    Como esperava, um dos melhores da temporada /o/

    Visual lindo demais *-*, personagens ótimos e muito divertido, sucesso total! /o/

  11. DougF disse:

    Alguém tb lembrou da Mio de MM ao ver a Sena?

    Gostei bastante desse anime muito bom.

  12. sweetmylla disse:

    Não é nada de muito interessante, mas é engraçado!!enquanto continuar divertido eu vou assistir.e o desenho é tipo igual ao de denpa onna.

  13. Pingback: Temporada de Outono 2011 – Primeiras impressões – Comentários rápidos |

  14. Seakulll disse:

    agora q vi até o episodio 4 axei mt bom viu mt engraçado esse anime tem duas tsundere ._. e otra q so quer dar pro kodaka u.u e uma irmã com ciume e uma criança besta um boiola axo q os personagens tem + personalidade do q varios animes

  15. Niwa-kun disse:

    Anime Show de bola, uma dúvida:
    Por que escrevem “Boku Wa Tomodachi ga Sukunai”
    Se o Nome é Bokuha Tomodachiga Sukunai ? á própria abreviação ja diz: Haganai.
    realmente não entendo .-.

  16. Jão comedor de pão disse:

    To curtindo muito, os personagens são ótimos, animação ótima, comédia ótima.
    Tá pra mim o melhor dessa temporada.

  17. Pingback: Boku wa Tomodachi ga Sukunai – Haganai – Conclusão |

  18. Patto disse:

    “Boku wa Tomodachi ga Sukunai é a nova investida da divisão Build do estúdio AIC, responsável anteriormente pelo ruim, mas muito comentado Ore no Imouto ga Konnani Kawaii Wake ga Nai”
    Ore no Imouto ga Konnani Kawaii Wake ga Nai ruim? Onde esse anime é ruim?
    Acompanhei esse anime des da estréia e, em momento algum, achei ele ruim, pelo contrário, cada episódio que passava, eu ansiava ainda mais pelo próximo episódio.
    Enquanto assistia Boku wa Tomodachi ga Sukunai, eu só conseguia pensar em Ore no Imouto, no episódio 11, quando vi a Kirino, Ruri, Saori e Kyosuke, tive certeza que tinha uma ligação entre os dois animes, e quando vou pesquisar, vejo essa frase que me deixou… Puto.

    Se vc leu meu comentário inteiro, você realmente é um guerreiro, se levou a sério e concorda comigo… Toca aqui o/

    :D

  19. Ric disse:

    bem que o Kodaka podia ter trolado as duas e ficado com a Rika no final, seria épico!

Os comentários estão encerrados.