Temporada de Verão 2012

Faltando uma semana para começar a nova temporada de animes no Japão, chega aquele momento de fazermos nossas apostas naquilo que pode ou não ser bom. A temporada da vez é a de Verão e, diferente da temporada anterior de Primavera, não vem inspirando muita empolgação.

Após pesquisar sobre todos os animes o blog Gyabbo! apresenta uma lista de como acredita que será a temporada; começando com as grandes apostas, animes que realmente empolgaram para assistir, passando por aqueles que prometem muito, os que não deram certeza, mas podem dar certo, aqueles que só mesmo um milagre, as continuações e outros que não entram no meu gosto.

Não concorda com a lista? Está esperando algo diferente? Espero seu comentário ao final para debatermos sobre mais essa temporada de animes!

Clique em “continuar lendo” para ver o post inteiro e ter acesso à tabela completa dessa temporada!

Anime chart with the 2012 summer anime season

Clique para ampliar

Grande Apostas

Natsuyuki Rendezvous (05/07)

natsuyuki rendezvous promo image noitamina

Sendo muito sincero com vocês este é o único anime que realmente me empolgou e que irei assistir assim que sair.

Adaptado do manga de Haruka Kawachi que encerrou no final do ano passado com quatro volumes, temos a história de Ryuusuke Hazuki, um rapaz que uma visão ruim e que trabalhando em uma floricultura acaba se apaixonando pela dona do lugar, a recém viúva Rokka Shimao. No entanto, Ryuusuke tem um problema para se aproximar de Rokka: ele – e somente ele – consegue ver o espírito do falecido marido, Atsushi Shimao.

Entrando no lugar de Tsuritama no bloco noitaminA, Natsuyuki aparenta ser muito mais o substituto de Sakamichi no Apollon ao trazer outro josei de drama romântico do que a continuação de Moyashimon. Produzido pelo estúdio Dogakobo (Saikano, Yuru Yuri) em 11 episódios, temos aqui uma obra que sendo originalmente curta, pode caber perfeitamente no tempo que tem se dirigida bem por Kou Matsuo, que se não tem um currículo dos mais promissores, conseguiu dar bom ritmo para Kurenai e Red Garden.

Duvido que seja do mesmo nível de Sakamichi no Apollon, mas certamente não irá ficar devendo muito. Ah! E teremos a abertura executada por Yuya Matsushita, o mesmo do bom primeiro encerramento de Durarara!!.

Sword Art Online (07/07)

Sword Art Online summer 2012 anime

Uma das primeiras séries que assisti baixando pela internet foi .hack//Legend of the Twilight – e gostei bastante dela na época – e esse pode ser considerado como um dos grandes motivos pelos quais estou apostando alto em Sword Art Online.

Baseado em uma Light Novel de Reki Kawahara com nove volumes até o momento, pode-se dizer que não temos aqui algo muito original, é verdade. Afinal, o conceito de estar preso dentro de um jogo onde a morte virtual significa também a morte real já foi usado em várias outras obras (na própria série .hack, por exemplo), mas isso não o torna menos atraente.

A produção da A-1 Pictures juntamente da Aniplex já garante algo de qualidade técnica e em um enredo onde o básico é o mais certo, fica difícil imaginar que o diretor Itou Tomohiko consiga levar a série para um lugar chato (apesar de não ter conseguido extrair muita coisa do interessante enredo de Occult Gakuin).

Sword Art Online promete uma boa série de ação, aventura e um romancezinho de quebra. É tudo que eu preciso. Além disso ainda temos as belíssimas vozes de LiSA (Fate/Zero, Angel Beats OP&ED2) na abertura e Haruka Tomosu (Ano Hana ED) no encerramento, tudo coordenado por Yuki Kajiura, extremamente gabaritada quando o assunto é música de animes.

Prometem Muito

La storia della Arcana Famiglia (01/07)

Ok, todo anime ou manga que tem máfia no meio me empolga automaticamente. Em  Arcana Famiglia temos a adaptação de um otome game pelo estúdio J.C. Staff nas mãos de Chiaki Kon, diretora responsável por séries como Umineko, Higurashi, Junjou Romantica, Nodame Cantabile, o que mostra que sim, o anime será focado no público feminino assim como seu jogo de origem. Na história, Felicitá, filha do grande chefe da Família, deverá se casar com aquele que irá suceder o seu pai no comando em dois meses, e para decidir quem será o marido dela uma grande competição mafiosa irá começar.

Nada contra harém invertidos, mas não é o meu gênero favorito, o que acabou atrapalhando a posição de Arcana Famiglia nessa lista, mas se Chiaki Kon souber equilibrar bem o lado para as otome com a ação, teremos um anime bem divertido por aqui.

Joshiraku (05/07)

Mais uma obra do estúdio J.C. Staff, essa sim parece muito mais com K-ON!, afinal, temos aqui uma comédia satírica onde acompanharemos o dia a dia de um grupo de meninas discutindo coisas aleatórias e chegando a conclusões absurdas. Sendo do mesmo criador de Sayonara Zetsubou Sensei – Kouji Kumeta, tem tudo para dar muito certo!

Kokoro Connect (07/07)

Olhando de longe Kokoro Connect até parece um anime da Kyoto Animation, principalmente pelo character design de Yukiko Horiguchi, a mesma de K-ON!, Lucky Star, Hyouka entre outras obras do famoso estúdio. Além disso, temos mais um anime slice of life que se passa em um clube, dessa vez o clube cultural. Nele, os seus cinco membros – dois garotos e duas garotas – tem seus corpos trocados entre si.

Muito se diz na internet que este seria o novo K-ON! (algo já muito escutado e que até hoje não foi comprovado com nenhum anime), mas a verdade é que eu espero algo diferente, um pouco mais envolvido com os personagens. Depois de me cativar com Baka to Test e me decepcionar com outros animes, essa é mais uma chance do estúdio Silver Link me cativar.

Tanken Driland (07/07)

O último daqueles que me pareceram prometer algo é Tanken Driland, um anime baseado em um jogo para celular. Sim, talvez estejamos começando a entrar em uma terceira era de adaptações, a dos jogos de celulares, mas essa discussão ficara para outro post. Feito pela Toei, Tanken tem um design bem simples, quase em SD, onde iremos acompanhar as aventuras da princesa Mikoto que resolve sair pelo mundo de Driland para virar uma caçadora e encontrar vários tesouros.

Ok, talvez eu esteja forçando um pouco a barra nessa temporada, mas me pareceu uma diversão honesta e sem pretensões, algo que não machuca ninguém e que pode ser divertido se apreciado na dose certa.

Podem ser bons, mas não tenho certeza

Oda Nobuna no Yabou (08/07)

Uma obra em conjunto do estúdio Madhouse e do estúdio Gokumi que faz mais uma releitura do período Sengoku, dessa vez substituindo os personagens históricos por suas contra-partidas femininas com a introdução de um garoto de 17 anos vindo do tempo atual, Sagara Yoshiharu, entre essas garotas bonitinhas. Apesar do forte teor moe e do possível fanservice, vendo pelos trailers dá pra dizer que a arte está bonita e animação parece interessante, o que pode render boas cenas de ação e umas boas risadas.

Jinrui wa Suitai Shimashita (01/07)

Séculos se passaram, os humanos diminuíram em número e as criaturas mais prósperas são as… fadas?! É, nesse anime que (surpreendemente) será dirigido por Seiji Kishi (o mesmo de Angel Beats! e Seto no Hanayome) temos um enredo bem peculiar para seus 12 episódios. Sinceramente não há muito o que falar, é esperar pra ver e entender porque o Kishi foi parar nesse negócio. Talvez sejamos surpreendidos.

Chouyaku Hyakunin Isshu: Uta Koi. (02/07)

Adaptação de um josei com base nos 100 poemas de 100 poetas diferentes do período Heian que, para quem viu Chihayafuru, serviram como base para o jogo Karuta. Não consegui encontrar muitas informações, mas promete ser um romance histórico intenso que está em boas mãos na direção de Kenichi Kasai, o mesmo de Aoi Hana e Honey & Clover.

Quase que esse anime ia para a categoria de apostas principais, mas essa falta de informações, o estúdio responsável pequeno (TYO Animations) me deixaram com um pé atrás.

Tari Tari (01/07)

Nesse novo trabalho do estúdio P.A. Works temos cinco colegiais no seu último ano de escola que acabam se juntando através da música. Promissor? Talvez, mas não me empolga, principalmente por mostrar uma semelhança na ambientação muito parecida com Hanasaku Iroha, último anime do estúdio que eu esperava muita coisa e acabei incrivelmente decepcionado.

 Binbou-gami ga!

Adaptado de um manga de mesmo nome da Jump SQ, Binbou é a nova animação da Sunrise com uma premissa meio peculiar de uma garota que absorve a felicidade ao seu redor, causando a quebra no equilíbrio da energia da felicidade do mundo.

Nada contra, nem nada a favor.

Milagres acontecem

Hagure Yuusha no Estetica anime verão 2012

Hagure Yuusha no Estetica (06/07)

O que um herói de RPG faz após derrotar o grande chefão? É com essa premissa interessante que Estetica se colocaria como algo interessante a se ver nessa nova temporada, mas daí você começa a ver os trailers e se depara com um quilo de fanservice, garotas de peitos de tamanhos variados sendo apertadas e gemendo como se estivessem tendo 25 orgasmos e você perda a empolgação. É, não é para mim. Mas acredito que irá fazer muito sucesso entre os fansubs brasileiros.

Koi to Senkyo to Chocolate (05/07)

Anime escolar de conselho estudantil harém. É do estúdio AIC Build, o que me afasta mais ainda depois do caminho que deram para Haganai.

Muv-Luv Alternative: Total Eclipse (01/07)

Satelight fazendo um Infinite Stratos genérico? Não, obrigado, verei o primeiro episódio apenas para dar tchau.

Campione! (06/07)

Esse foi um dos que mais me marcaram quando peguei o chart da nova temporada para ver o que ia passar. Não pelo enredo, mas pela primeira frase da sinopse: “A harem love comedy plus magic battles”. Espera, o que?! Pensando agora daria pra usar essa mesma frase para Kore wa Zombie Desu ka? e isso torna tudo ainda mais assustador. No enredo temos um garoto de 15 anos que derrotou um deus poderoso, ficando assim conhecido como “Campione”, o que acaba chamando para ele muitos desafiantes, algo que Kusanagi Godo quer ficar longe.

Ebiten: Kouritsu Ebisugawa Koukou Tenmon-Bu (09/07)

Um garoto ingênuo que só queria entrar no clube de astronomia da sua escola e acaba entrando para o clube de fujoshi. Ok, isso pode dar uma comédia muito boa ou dar simplesmente completamente errado.

Sobre continuações e similares

Rinne no Lagrange 2 (01/07) – Hakuouki Reimeiroku (09/07) – Yurumates 3D S2 (02/07) – Dog Days’ (07/07) – Yuru Yuri ♪♪ (02/07) – Moyashimon Returns (05/07) – Kyoukai Senjou no Horizon II (07/07)

Nessa parte eu não tenho muito o que comentar, com exceção de Hakuouki que eu vi a primeira temporada (e detestei ao seu final), sendo que estamos na terceira, não cheguei a acompanhar as temporadas anteriores dessas séries. Vi os primeiros episódios de Lagrange, Yurumates, Dog Days e Horizon, não gostando de nenhum deles e largando em seguida por falta de tempo. Se alguém achar que entre essas séries existe uma boa que eu deixei passar na sua primeira temporada, explique qual e porque eu deveria dar uma outra chance nos comentários.

Er… não (animes que preferi ignorar)!

 

Kono Naka ni Hitori, Imouto ga Iru! (05/07) – Chitose Get You!! (01/07) – Dakara Boku wa, H ga Dekinai (06/07)


É, ao final desse post percebo novamente que a temporada está aparentemente fraca. É claro que isso aqui são só apostas e de repente um anime dos milagres pode supreender como já aconteceu no caso de Ben-to, mas isso é raro. Pela primeira vez desde que comecei a blogar só tive duas grandes apostas em uma temporada, o que já deixa claro como estou vendo esse verão. Se as coisas realmente se confirmarem vou aproveitar para ver animes mais antigos que preciso terminar e/ou começar há muito tempo, talvez essa seja a chance.

Mas e vocês, o que esperam dessa temporada? O que, em uma olhada antes das estreias, vocês pensam em assistir?

Ah! Se quiser outras opiniões e mais detalhes sobre a nova temporada não deixe de visitar os seguintes blogs que também estão comentando:

Chuva de Nanquim

Anikenkai

Elfen Lied Brasil

Nahel Argama

Esse post foi publicado em Animes, Comentando Temporadas e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

30 respostas para Temporada de Verão 2012

  1. Dando uma lida por cima, nenhum realmente me empolgou. Capaz de eu dar uma olhada em Joshiraku (por causa de Sayonara Zetsubou Sensei) e Natsuyuki Rendezvous por estar dando mais atenção a animes mais “maduros” ultimamente.

    Talvez depois de ler algumas “primeiras impressões” por aí eu me cative pelos outros xD

  2. thaleshikaru disse:

    Estou vendo que Total Eclipse vai precisar mostrar todo seu poder logo no início, porque o que tem de gente confundindo uma das maiores franquias de Visual Novel com Infinite Stratos…

  3. Keroicon disse:

    Gostei do Natsuyuki Rendezvous, acho que vou assistir ele! O Ebiten: Kouritsu Ebisugawa Koukou Tenmon-Bu é bem interessante e eu espero que ele seja bem feito porque se der certo, pode ser uma comédia muito boa.

  4. Matheus Azevedo disse:

    Olá Gyabbo, como sempre um ótimo post, porém perto do final algo me incomodou, vc chamou muv-luv alternative toatl eclipse de “Infinite Stratos génerico” na realidade é uma adaptação de uma light novel que por sua vez é uma expansão da visual novel muv-luv alternative, que é considerada a melhor visual novel de todos os tempos por voto de jogadores. De génerico tem nada, tirando isso foi uma ótima previa.

    • Matheus Azevedo disse:

      *Total Eclipse, erro meu

    • Denys "Fantasma" Almeida disse:

      @Matheus e @thaleshikaru

      Primeiro, obrigado pela leitura e pelos comentários! Vou ser sincero em dizer que não manjo absolutamente nada de Visual Novel, apesar de já ter batido o olho no título “Muv-Luv”. Mas justamente por não conhecer que eu comparei com algo que eu conheço, Infinite Stratos, que pelo menos superficialmente (só vi sinopse e PVs) são parecidos. Não quis destratar a franquia e/ou seus fãs, por isso agradeço pelos comentários explicando. Vou dar uma chance a Muv-Luv, quem sabe não me surpreendo? Sempre tem esses animes que eu acho que não vão ser muito bons, mas que vão acima das expectativas.

      Gyabbo!

      • thaleshikaru disse:

        Bem, aproveitar pra falar um pouco mais sobre Muv-Luv.

        Mesmo já sendo “provado” que a franquia não tem nada de similar à IS (…exceto o fanservice – afinal, vem de um eroge), faz um pouco de sentido ficar com medo do anime. O grande fator é que o diretor será o mesmo de Rosario to Vampire. Que eu pessoalmente não vi, mas ouvi ser de verba curta e direção duvidosa. Outro fator, que não sei como realmente se relaciona, mas que talvez tenha valor em ser citado, é que o Character Designer da adaptação foi acusado (e demitido) de plagiar pôsteres do próprio estúdio com as personagens de Total Eclipse.

        Mas reafirmo, Muv-Luv é uma das maiores franquias de Visual Novel. Tá, eu sou suspeito pra falar, não li nem umas cinco, mas ainda afirmo que é uma competição direta para as tão populares Clannad e Fate, tanto em popularidade quanto em qualidade. Se lembra de Kimi ga Nozomu Eien, daquela Blogagem Coletiva? Eu não me lembro sua opinião sobre a série, mas é do mesmo grupo, tanto que Akane e Haruka Suzumiya e Mitsuki Hayase são personagens (secundárias) de Muv-Luv Alternative.

        Mas é aquilo, Total Eclipse é um spin-off. Eu não conheço muito sobre ele. Então, mesmo sendo fã da franquia, tenho medo que seja uma fracasso. Os pontos positivos (bom trailer, bom elenco de dublagem, a aparição de ao menos uma personagem importante do Alternative original, o “selo” da franquia) equilibram os negativos (direção duvidosa, pouco conhecimento anterior do spin-off em si).

        Então, fico apenas num esperar pra ver. E ops, acho que fiz um post no lugar de um comentário.

        • Denys "Fantasma" Almeida disse:

          @Thaleshikaru

          Eu ainda vejo alguns (vários) pontos de semelhança com Infinite Stratos, apesar de que eles são apenas a superfície, acredito que na essência sejam obras bem diferentes, mas como só tive acesso aos PVs e à sinopse, ainda me parece parecidos até ver os episódios.

          Lembro sim de Kimi ga, eu gostei bastante deste anime e foi por ele que eu conheci o nome de Muv-Luv, lembro que em um dos OVAs da série alguns personagens de Muv-Luv fazem algumas aparições. Terminei de ver os OVAs e fui atrás pra saber o que era Muv-Luv, então era algo que eu já conhecia pelo menos por alto.

          E como você disse, estamos falando de Total Eclipse, um spin-off da série, é complicado levar toda fama e qualidade da obra original para um spin-off. Eu espero que seja bom, até porque essa temporada precisa de surpresas.

          Agradeço novamente pelos comentários,

          Gyabbo!

  5. Mais um comparando Muv Luv com Infinite Stratos? Vish.

  6. IS as roupas se acoplam nos personagens, em Muv-Luv as pessoas entram em robos gigantes(mechas) e vão lutar contra alienígenas tipo Evangelion. A única coisa foi simples falta de interesse para saber diferenciar a serie onde uma simples busca por imagens no Google da para ver a foto das personagens e dos mechas.

    A empresa Age é uma empresa de visual novel interessante por se focar num bom nivel de drama e nos relacionamentos humanos do que na putaria em si.

    E sobre a temporada não tenho nada para comentar ate eu começar a ver os animes e decidir o que vou assistir, so espero não ver mais um yaoi e zombies crespulizados.

    • Denys "Fantasma" Almeida disse:

      @JonhMaster @Jessica Alguma Coisa
      Mechas e armaduras robóticas…
      Garotas com roupas coladas no corpo feito óleo para dar efeito erótico…
      Construção de “large humanoid arms” para uso militar…
      Desenvolvimento dessa tecnologia de formas diferentes em países diferentes…
      Japão procurando construir a nova geração…
      Cooperação entre países para isso…

      Me desculpem, não sou fã de Visual Novel mesmo, mas olhei os PVs, li a sinopse, sei quem está criando o negócio e sim, dá pra comparar com Infinite Stratos. Não quer dizer que seja realmente igual IS, mas que tem vários pontos convergentes. E Jonh, na boa, antes de vir dizer que “A única coisa foi simples falta de interesse”, vem mais tranquilo, eu fiz minha pesquisa sim, mas parece que qualquer comparação atinge o fundo do teu ser, a mesma coisa foi com o anime de Persona (que no final se mostrou ruim como achei que seria).

      Gyabbo!

      • Esse tipo de anime não faz teu gênero e aposto que você não esta interessado e não tiro sua razão, você consome o produto que você quer. Persona 4 pode ser um anime ruim para você e pode ser bom para outras pessoas mas nem por causa disso o anime deixou de vender.

        E não é de agora que animes baseados em jogos tendem a ser so um bonus para pessoas que ja jogaram o jogo ou algo so para vender jogo como foi o caso de Shining Hearts e Persona 4. Se você quiser achar que Muv-Luv é um IS genérico isso é uma opinião sua é um direito seu.

        Mas da mesma maneira que você pode dar sua opinião, você também da direito a outras pessoas discordarem de sua opinião, afinal você coloca a seguinte frase para quem vai comentar “Comente e participe da discussão”.

        • Denys "Fantasma" Almeida disse:

          @JonhMaster

          E em algum momento eu disse que não vou aceitar opiniões diferentes? Se eu fosse fazer isso era só colocar os comentários em moderação e descartas os diferentes. A questão não é essa, mais uma temporada que você vem falar coisas por uma comparação simples que eu fiz. Diz que é falta de interesse meu quando não é verdade, deu uma grande trabalho fazer esse post, pesquisar sobre cada um dos animes comentados.

          “E não é de agora que animes baseados em jogos tendem a ser so um bonus”, isso é uma infelicidade, anime é uma mídia própria e o produto tem que ter qualidade por si só. Ao falar que Muv-Luv parece um IS genérico eu falei pelo pouco que podemos ver até o momento do anime e pelas semelhanças que eu elenquei como meus argumentos e que você ignorou.

          E nem vou entrar muito nessa discussão, mas algo chamado “mecha musume” é um subgênero de mecha. A comparação de moe com bishoujo não fez muito sentido.

          Gyabbo!

          • Muita gente rotula moe e bishoujo como uma mesma coisa. Se você acha que Muv-Luv e IS é similar isso é uma opinião sua. Porem ambos são generos e sub-generos diferentes entre si tanto no ambiente quanto na historia.

            Mas uma coisa é certa Muv-Luv não é um IS. O IS pode ser comparado a um Strike Witches mas não a um Gundam e muito menos Muv-Luv. E como você disse tambem não quero entrar nessa discussão, mas tambem não levo sua opinião em consideração pelo fato das series não representarem isso que você cita em sua postagem.

      • E Muv-Luv não é nenhum IS genérico pelo fato de que um é mecha e o outro é mecha musume.

        Mecha: Evangelion, Gundam, Eureka Seven
        Mecha Musume: Strike Witches, Sky Girls, IS

        Da mesma forma que moe não é um bishoujo um mecha musume não é um mecha. Simples assim.

  7. Lívia disse:

    E quanto a Kingdom??

    • Denys "Fantasma" Almeida disse:

      @Lívia
      Kingdom estreou no começo de Junho e eu não tive vontade de acompanhar o testar (além de não ter tempo também), então preferi deixa-lo de fora desse post.

      Gyabbo!

  8. Lívia disse:

    O anime que mais me chamou a atenção foi Chouyaku Hyakunin Isshu: Uta Koi. Associei logo que li os poemas ao karuta, pois me apaixonei por ele ao assistir Chihayafuru. E, ao assistir Chihayafuru tive vontade de ler e conhecer as cartas. E agora um anime sobre elas…. Pode ser bom.

  9. Lívia disse:

    Ah… Obrigada.

  10. Angélica disse:

    Olá Gyabbo! Essa temporada está fraquinha mesma, principalmente se comparada com a anterior. Minhas apostas são:
    Irei conferir com certeza: Natsuyuki Rendezvous (é Noitamina, e, caso todo o resto falhe em impressionar, ainda tem potencial para ser uma série engraçada, graças ao inusitado da situação), Moyashimon Returns (eu gostei demais da primeira temporada, ^^. Aliás, caso você decida mesmo colocar em ação seu plano de “ver animes mais antigos”, aproveite e assista à primeira temporada de Moyashimon – não é o tipo de série que irá explodir sua cabeça, mas é cativante demais – e garante umas boas risadas, xD) e Sword Art Online (não estou muito empolgada com essa série, mas tem boas chances de ser pelo menos legalzinha).
    Irei “testar” o primeiro episódio: Uta-koi (a arte e a premissa são interessantes, mas dependendo do modo como for executado pode passar de “cativante” para “tédio total” em questão de segundos, rss).
    Irei esperar algumas opiniões (inclusive a sua, xD), e só então decidir se vale a pena dar uma chance ou não: La storia della Arcana Famiglia (se não levarem a trama muito para o lado do fanservice fujoshi pode ser legal), e Kokoro Connect (a premissa é legal, mas tenho um forte pressentimento de que vai ser só mais um anime vazio para vender moe…mas quem sabe, né? Como você mesmo diz, milagres acontecem…).

  11. Pingback: Atualizando as “apostas” pra temporada de Verão 2012 | Anikenkai – Anime Kenkyuukai

  12. oberdanorris disse:

    Oda Nobuna no Yabou pode ser realmente bom, visto os estúdios que estão por trás. Jinrui wa Suitai Shimashita parece ser um anime realmente muito bonito mas que a história não vale :/
    Chouyaku Hyakunin Isshu tem uma premissa interessante por mais que seja de produção duvidosa, é um dos animes que deu mais empolgação. Natsuyuki Rendezvous é aquele “se falaram que é bom, dou uma olhada”.
    La storia della Arcana Famiglia (A Felicita me faz lembrar da Maka) máfia+personagem feminina sem ser “fraca”.

  13. Juliana_Aike disse:

    Temporada fraquinha demais, ainda não decidi o que vou acompanhar pois ainda preciso terminar os animes da temporadade abril, já que atrasei tudo, além daqueles que só estou vendo agora como Tactics e Jigoku Shoujo; mas não entendo como um droga como Hakuouki vai para a terceira temporada, o cenário historico é interessante, mas os personagens são vazios, ridiculos, tem poucas coisas legais e que são mal trabalhadas, sem contar com a protagonista chata e inutil de todos os tempos, garotinha chata!!!!!!!!
    Afinal esse anime é irmão de Hiiro no Kakera? a base é a mesma, os bishounes com design duvidoso e rídiculo, mina inutil, enredo fraco, lutas mixurucas (não sei se está certo, nunca escrevi essa palavra), sei que Hiiro tbm era jogo, são da mesma casa?
    obs: só depenei Hakuouki porque adiei assistir Un-go achando que Haluouki era massa, morri na primeira temporada, e me apaixonei por Un-go!!!!! Inga e Kazamori Forever s2 s2

  14. Haru-kun disse:

    Se há uma palavra que defina a temporada de abril, essa seria: qualidade. Agora sobre a temporada de julho, esqueça essa palavra, e a substitua por esta: diversão.
    Ou seja, se você está procurando por qualidade você certamente vai achar um ou outro anime de qualidade, e só. Ou então espere até outubro.
    Mas se você como eu procura diversão nos animes está temporada será muito boa!

  15. Pingback: Julho/12: Apostas e Comentários | Nahel Argama

  16. Pingback: Verão Japonês – Nova Leva de Animações |

  17. Lucas Pires disse:

    Eu achei esta temporada fraca, realmente nem um anime me interessou de verdade, como a temporada passada em que eu basicamente não vi nenhum dos novos o provável é que essa não será diferente, bem como você disse é uma chance de ver os animes mais velhos, e agora com um recesso escolar, bem terei de tempo de avaliar, obg pelas suas opiniões e sua apostas!

  18. Pingback: Natsuyuki Rendezvous – Primeiras impressões |

  19. Aline Carah disse:

    Minha nossa essa temporada está carregada de Ecchis, só espero que algum anime se salve, pois até agora aff!
    Só clichês esteriotipados,peitos mais do que exagerados,garotas objetos, machismo explícito ao cubo e pouca criativadade no enredo; ingredientes absolutos para fazer a alegria da massa amorfa!!!!
    Desculpem caros otakus não quero ser arrogante, mas minha indignação já está pela tampa, esperava mais dessa temporada até o momento somente Natsuyuki Redezvous q é mais coeso!

  20. Ramielsonielson disse:

    Pow dashuadsu estavam discutindo sobre IS e taus…
    Mas a verdade q mecha é um power rangers evoluído, meu q merda… Mecha foge da realidade, com bombas atomica e tudo mais, quem lutaria com robos… Alias os robos , para serem controlados é sempre um controle de atari , com um botãozinho e alavanca…

    Mecha é um gênero que poderia ser descartado , o coisa ruim…
    Olhei Aquarion Evol, até agora to querendo de volta os 400 minutos q eu perdi nessa merda…
    È claro que Code Geass foi um animezão e poderia ter sido melhor se substituisse o mecha por algo mais coerente…

    Nem vi IS ainda, mas falam mt bem dele e tem mts fans… Tenho muitos animes q pretendo ver, o problema aq é a mais a internet do q o tempo dshadsu
    Mas eu realmente não gosto de Mecha.

    Essa temporada não parece mto boa mesmo… Seguindo meu estilo eu olharia Sword Arts e coisa do gênero…

    Vamos ver se terá diversão mesmo, tomara!!

    Abraço Kiabo e cuidado com os fans de IS na rua KKKK
    Falow.

Os comentários estão encerrados.