Dez importantes mangas e suas primeiras capas na Shonen Jump

Muitos dos fãs que começaram a acompanhar o mundo dos animes e mangas o fizeram a partir de obras famosas que nasceram eu uma revista, a Shonen Jump que neste ano de 2013 está completando 45 anos de existência.

Seja pelo sucesso de Cavaleiros do Zodíaco nos anos 90 pela Rede Manchete, pela onde que Dragon Ball causou no ocidente no início dos anos 2000 ou mesmo pelo sucesso de Naruto em meados da mesma década, podemos dizer que muito da popularização dos quadrinhos japoneses pelo mundo se deu por ela.

jumplogo

Mas, pela forma como nosso mercado de mangas se estruturou no país, normalmente pensamos nas séries já em seus capítulos compilados nos famosos tankoubon – volumes encadernados mais comuns na publicação de mangas – e esquecemos que mesmo os mais clássicos e famosos, assim como os que hoje acompanhamos saindo e entrando da revista através dos posts sobre os ToC’s da revista (para maiores detalhes sobre isso, clique AQUI e acesse os posts do Anikenkai onde ele os comenta semanalmente), em um tempo tiveram seu dia de novatos.

Sendo assim, convido vocês para uma viagem no tempo onde veremos a primeira capa de dez mangas clássicos e famosos da Shonen Jump (em ordem cronológica – clique para ampliar as capas):

 Dragon Ball – Edição #51 de 1984

1-Dragon-Ball-Jump-Cover-1984

O maior de todos, o gigante entre gigantes, o pilar que sustenta o modelo Jump atual. Dragon Ball começou no final do ano de 1984 com uma capa simples, mas elegante (se for olhar as capas da época chega a ser algo belíssimo).

No entanto, para ser sincero, mesmo trazendo o carisma da fase inicial das aventuras de Son Goku, não passa muita empolgação, o que acham?

É como dizem:

Não julgue um livro pela capa.

Saint Seiya – Cavaleiros do Zodíaco – Edição #1-2 de 1986

2-Saint-Seiya-Cavaleiros-Do-Zodíaco-Jump-1986

Responsável pelo primeiro grande boom da animação japonesa no Brasil, Cavaleiros do Zodíaco – ou Saint Seiya no original – deu as caras em uma capa que eu particularmente gosto (não dá pra julgar o traço do Kurumada naquela época, tinha coisas muito semelhantes e piores).

O autor já havia feito alguns trabalhos para a revista, então era um nome que chamava certa atenção e foi com Cavaleiros que ele conseguiu sua projeção internacional. O problema é que essa capa tão simples não fala nada do que é Cavaleiros.

Jojo’s Bizarre Adventure – Edição #1-2 de 1987

3-Jojos-Bizarre-Adventure-Jump-1988

As aventuras bizarras dos Jojos começaram em dezembro de 1986, mas a série foi receber sua primeira capa apenas no início de 87 no viria a se tornar uma série de imenso sucesso em múltiplas sagas que desde 1999 saíram das páginas da Jump para serem publicadas na revista seinen Ultra Jump, onde permanece até o hoje com 63 volumes compilados.

Essa primeira capa consegue capturar bem o que seria a primeira saga da série, Phantom Blood, na luta sem piedade entre Dio Brando e o jovem Jonathan Joestar. Só de olhar já me dá uma curiosidade para saber o que virá!

Slam Dunk – Edição #41 de 1990

5-Slam-Dunk-Jump-Cover-1990

Colocado por muitos como um dos melhores mangas shonen de todos os tempos – e no mínimo o melhor manga de esportes -, Slam Dunk de Takehiko Inoue iniciou sua carreira na Jump praticamente ao lado de Yuyu Hakusho para virar junto de Dragon Ball um dos pilares da revista na época até terminar com 31 volumes.

A capa é simples, mas direta ao ponto: Basquete! O traço de Inoue parece bem caricato – quem poderia imaginar por essa capa que ele iria para o realismo absurdo e lindo como faz hoje com REAL e Vagabond?

Yuyu Hakusho – Edição #51 de 1990

4-Yuyu-Hakusho-Jump-Cover-1990

Outro grande sucesso que veio ao Brasil na época da Manchete, conseguindo indas e vindas por outros canais e sendo publicado aqui pela editora JBC.

Os casos do detetive espiritual começaram de forma bem estranha. Essa capa parece mais uma comédia romântica shonen com fanservice de um garoto que morreu e foi atrás das calcinhas das garotas do seu colégio do que aquilo que viria a ser!

É claro que a história mudou muito e a capa inicial não reflete tudo que conhecemos hoje, ainda assim, bola fora Togashi.

Rurouni Kenshin – Samurai X – Edição #19 de 1994

6-Rurouni-Kenshin-Cover-Jump-1994

Se hoje já temos o relançamento da série sobre o andarilho Kenshin Himura, tudo se deve ao início em meados dos anos 90 com uma capa bem interessante pois passava ao leitor de forma clara a dualidade que marcaria a história do protagonista:

O andarilho Kenshin Himura x O assassino Battousai.

Apesar de gostar desse lado, a capa soa tanto como uma montagem de cortar e colar que acaba não sendo muito agradável. Mas sinceramente, capas bonitas não eram o forte da Jump antigamente.

One Piece – Edição #34 de 1997

7-One-Piece-Cover-Jump-1997

A busca por One Piece, o maior tesouro de todos, começou há 16 anos na edição #34 da revista. Será que naquela época os editores já apostam na série do garoto do corpo de borracha como aquela que seria a grande salvação da revista que agonizava após o término de Dragon Ball e Slam Dunk?

Com o tom empolgante que a série possui, tenho certeza que essa primeira imagem já chamou atenção de muitos leitores e ajudou no sucesso.

Mas quem diria que esse garoto de dedo em riste iria se transformar no maior sucesso dos quadrinhos?

Naruto – Edição #43 de 1999

8-Naruto-Cover-Jump-1999

O final da década de 90 marcaria a salvação da Jump. Depois do surgimento de Samurai X, One Piece, já fechando a década eis que surge o ninja de roupa laranja para ficar ao lado direito do todo poderoso pirata.

Podemos perceber como o traço do Kishimoto mudou com os anos vendo esse Naruto tão mais infantil que ilustrou a capa da #43 edição daquele ano.

No entanto, não podemos negar que a capa tem carisma e chama atenção para o produto, eu pegaria pra ler.

Bleach – Edição #36-37 de 2001 (CORRIGIDO em 30/01/12 – Agradecimentos ao leitor Rafael Serra que percebeu)

9-Bleach-Jump-Cover-2001

Houve um erro meu e a capa que eu apresentei como sendo a primeira aparição de Bleach na verdade era a segunda que a série recebia na Jump.

Começando na edição #36-37 de 2001, a primeira capa de Bleach não é nada estilosa como a anterior, na verdade chega a ser bizarra, com um Ichigo bem estranho e que por algum motivo peculiar está lambendo uma espada com a Rukia ao lado.

Curioso como é a capa que teve que dividir mais espaço com outras na sua estréia.

Será que não levavam fé?

Death Note – Edição #01 de 2004

10-Death-Note-Jump-Cover-2004

Essa capa é sensacional! Imagino um garoto japonês fã da Jump quando viu essa edição, deve ter pirado! Eu pegaria na hora e pularia até One Piece e Naruto para saber qual era a desse manga do “Caderno da morte”.

Death Note pode não ter sido longevo como outras séries que estão aqui, mas marcou uma nova geração de fãs, especialmente no ocidente, que viram na obra algo que não encontravam nos shonens.

A justiça de Kira enquanto história teve seus altos e seus (bem) baixos, mas certamente começou triunfal!

Agora quero ler os seus comentários.

Esquecendo que você conhece a maioria dessas histórias e olhando apenas pela capa inicial de cada série, qual delas te dá vontade de ler, qual você deixaria de lado?

Dentre essas, qual é a mais bem feita, mais bonita, estilosa? E a pior delas?

Se você gostou desse post e quer ver uma segunda parte com outros mangas clássicos e importantes da Jump não deixe de comentar. É o retorno de vocês nos comentários e nas redes sociais que vai ditar se teremos a parte dois!

44 respostas em “Dez importantes mangas e suas primeiras capas na Shonen Jump

  1. a mais maluca é concerteza Death Note, e concordo que passaria por cima ate do meu amado One Piece pra ver qual era desse tal caderno da morte, e convenhamos que o primeiro capítulo é alucinante *3*

    Curtir

  2. Death Note supera qualquer um dos shounens anteriores, não tem como comparar, ainda mais levando em conta se o teor da obra é shounen ou não, pelo clima e personagens demonstra ser, mas sempre rotulei DN como seinen, mas apesar dessas controversas a capa foi bem foda, de Bleach também curti.

    Curtir

  3. Muito bom este post. É muito legal ver o inicio de série que hoje são clássicas. Espero que tenham outras partes mostrando as capas de Shaman King, Reborn, Hikaru no Go e Hunter x Hunter.

    Curtir

  4. Excelente matéria! Capas bonitas, principalmente as de Rurouni Kenshin e Death Note. Shonen Jump é o berço de grandes obras. E que venha a segunda parte da matéria com Gintama e mais 9. =D

    Curtir

  5. Julgando pelos padrões estéticos, que vem melhorando muito, acho que death note foi o que mais me surpreendeu, sem contar o efeito de sobreposição de imagem que ficou incrível, não querendo desmerecer as outras capas que também ficaram impecáveis.

    Curtir

  6. Extremamente interessante ver as primeiras capas desses mangás que nós tanto gostamos, e discordei de você em praticamente todas as capas, quanto a beleza, a mais estilosa sem dúvida é a de Death Note (o que me fez ter muita curiosidade pra ver as outras capas da série), a De Dragon Ball é linda, muito mais estilosa do que a de Bleach, a de Cavaleiros é horrível, acho que a mais feia da seleção junto com a de Yuyu Hakusho, a do Kenshin foi bem feinha mesmo, a de Naruto muito carismática, ótima capa e a de Slam Dunk também está ótima.

    Curtir

    • Tambem só nao curti a do CDZ , a do Kenshi parece qeu foi montada mesmo . Queria ver a capa de Berserk a primeira vez que foi publicado , nem sei em que revista ele sai rs .

      Curtir

  7. Death Note é o que mais chama a atenção, sem nem sombra de dúvida, mas, sem desmerecer o autor, vale notar que a equipe editorial fez um bom trabalho na escolha de cores de sobreposição de mangás ao fundo, nada mais justo também, é de um autor já conhecido da revista.

    Por outro lado, Bleach é uma capa tão legal, mas nesse caso a poluição da revista justamente atrapalhou bastante na captação da ideia. Será que isso quer dizer que não tinham muita fé no mangá nesse início?

    Mas pqp hein, que horror essa capa de Yuyu Hakusho. Se fossem lançados hoje em dia, acho que eu só ia tentar ler Death Note e Bleach, se alguém me recomendasse pegaria Naruto e Jojo talvez.

    Curtir

  8. Assim é dificil fazer isso mas imagina que sem conhecer nenhuma historia pela capa eu leria , o Jojo que é o unico que nao conheço .Mas sei la Dragon Ball , One Piece e Slam Dunk nao podiam passara despercebidos ne kkk

    Curtir

  9. A mais estilosa com certeza é a de Death Note, e ela se destaca das outras. Deve ter deixado o leitor da época bem curioso. Em geral dá pra perceber um cuidado maior com a capa dos mangás mais recentes, creio que por estudos de marketing MESMO.
    Das mais antigas, gostei muito de Jojo’s (que ficou muito “intrigante”) e de Slam Dunk (que eu considerei eficiente justamente por ir direto ao ponto: você nem precisa ler para ter uma ideia de que tipo de série encontrará ali).
    Agora, essa capa de Yuyu Hakusho é MUITO feia, mesmo. E achei a capa de Rurouni Kenshin porca e preguiçosa, só jogaram as coisas lá e deixaram por isso mesmo.

    Curtir

  10. A capa de Death Note ficou sensacional! Muito estilosa, bem diferente de todas as outras capas das outras obras, justamente por ter brincado na hora de fazer o desenho, colocando um efeito espelhado muito foda! Gostei também da capa de Slam Dunk, simples, mas direto ao ponto. A de Dragon Ball eu achei fofa, bem colorida. *o* Tudo bem que não é uma história fofa e tals.
    Muito massa essa coluna, amei. *o*

    Curtir

  11. Achei muito daora essa edição que fizeram, ficou bom. Eu pegaria primeiramente para ler a de Death Note, apesar de eu conhecer todas as séries e ter assistido ou assistindo o anime deles, mas a de Death Note é muito boa, apesar de não ser a melhor dentre todas as obras.

    Curtir

  12. Sem duvidas, a capa de Death Note. Se eu fosse um omprador da Shonnen Jump assiduo, provavelmenteseria uma das revistas que estariam comigo até hoje, e se eu fosse um comprador esporádico, seria uma das que eu compraria. Fora isso, a capa de Bleach é muito bacana também, apesar de não dizer muito sobre a série. Agora a de Saint Seiya… que coisa terrível. è a mesma capa da versão Tankobon e é terrível. Olha que sou um dos fãs da série, mas nem isso facilita. Chega a ser deprimente.

    Curtir

  13. Julgando pelas capas eu leria Death Note, One Piece e Slam Dunk (acho, porque já conheço então é difícil definir…), porém tenho certeza que nunca leria Yuyu Hakusho que capa mais xoxa e sem graça até a do Cavaleiros do Zodíaco passa, mas a do Yuyu Hakusho é deprimente…. Pelo menos sabemos que o forte do Togashi-san não são seus desenhos XD

    Curtir

  14. Ótimo post. Capas são sempre coisas interessantes. A de Death Note é realmente muito linda. A ideia inicial do mangá é genial e o traço também, acho que a primeira impressão fez bem a série, afinal, mesmo com problemas, muita gente ama-a. Acho que seria interessante trazer um outro post com capas bonitas e/ou diferentes, já que esse foi o post com as capas de mangás de sucesso. Dá pra fazer algumas categorias até, desde capas mais feias até as mais diferentes (que Death Note poderia até ganhar).

    Curtir

  15. A capa de Dragon Ball parece muito com as capas do mangá (especialmente a primeira, que provavelmente foi inspirada nessa imagem). Eu curti bastante. A de JoJo e Slam Dunk ficaram espetaculares também, uma pena os editores daquela época não manjarem tanto de edição quanto os de hoje (Rurouni que o diga).

    E legal que as capas da Jump com One Piece mantem o mesmo esquema “Luffy com sorrisão apontando alguma coisa” desde o início.

    Curtir

  16. Acho que por conhecer as obras, sou bem suspeito pra escolher uma “como se fosse a primeira vez”. Então só vou comentar mesmo.

    É engraçado notar que até One Piece – ou um pouco antes disso – as cores das capas fossem em tons mais “mortos” (não necessariamente cores mortas) e a partir daí, talvez por causa da mudança nos tons ou somente por questões de impressão, as capas ficaram mais chamativas e com cores mais vivas.

    Achei a capa de Death Note “diferente” para os padrões da Jump, mas não achei atrativa e nem mesmo boa. Porém por ser diferente, talvez tenha chamado mais atenção das pessoas.

    Sem mais, parabéns pelo ótimo post, Dennys!

    Curtir

  17. a que eu iria ler concerteza seria death note e a qual eu deixaria de lado seria yu yu hakusho, mas que bom que a capa nao representa nada do que é a historia, achei que veria super campeos ai!!

    Curtir

  18. Eu leria a de dragon ball (muito linda e foda) jojo’s (a que me deixa mais curioso) slam dunk (eu gosto de desenhos caricatos) e bleach (bem colorida). Death note é daquelas que uma hora você ama, outras você odeia. One piece e Naruto, bem basiquinhas, com certeza todo mundo ia comprar. cav, yuyu e rorouni kenshin são as que mais me deixariam de pés atrás, mas eu compraria do mesmo jeito ;)

    Curtir

  19. Pegaria sem pensar a de Death Note e JoJo, as mais legais daí, e CÉUS, essa capa de Saint Seiya é simples ao extremo, só aparece a cara do Seiya, Jump deveria cobrar um pouco das ilustrações pra capa, afinal…é a capa! As outras achei OK, nem fodásticas, mas nem ruins.

    Curtir

  20. Slam Dumk e Death Note são as melhores. Mas a pior (acho que posso falar do mangá também) é Bleach. O troço feio sô!

    Curtir

  21. Pingback: Os dez mangas mais vendidos da história da Shonen Jump - Gyabbo!

  22. queria ver a capa do yugioh! foi um baita sucesso também, me emocionei ver essa carta promo na JUMP do Bleach *—*

    Curtir

  23. queria ver a de Hunter x Hunter, mas desenho nk foi o forte do Togashi, não sei se seria tão bom! XD

    só pela capa, pegaria Naruto de cara, ela joga carisma no seu rosto e espalha! XD

    a de DB é simplesmente linda, cores, clima de aventura, perfeito pro inicio da série! ^^

    a de Slam Dunk tbm tem impacto, chama atenção.

    a de Death Note é linda de morrer, as cores, o traço… *–* <3 muito impactante e belissimo de se observar

    a de "Samurai X" tem traços bonitos, eu iria procurar, mas sem muito ânimo…
    a de One Piece na verdade é bem feinha, apesar de ter um impacto com a pose, não me chama atenção pra ler…

    Curtir

  24. A melhor capa, e que me daria mais vontade de ler a história, é a de Death Note, sem dúvida.
    Mas Hunter x Hunter faltou na lista.

    Curtir

  25. Pingback: Shonen Jump - Curiosidades Level Master - Parte 4 - Final - XIL (shil)

  26. dessas capas a de Dragon Ball eu achei mais interessante, as outras n tem nada de chamativo, na de DB tem um menino barrigudo andando em cima de uma nuvem, mas isso é só o meu olho, agora que P*&¨% é essa de capa de Saint Seiya? kkkkkk

    Curtir

Comente e participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s