Eiichiro Oda se desculpa por seu adoecimento e hiatus

One-Piece-Manga-luffy-crying

Você leu ontem aqui no Gyabbo! no post “Eiichiro Oda adoece e One Piece entra em hiatus – Até onde vale o sacrifício?” sobre a hospitalização de Eiichiro Oda causada por um abscesso peritonsilar (mais detalhes leia o post citado) que obrigará a obra a parar pelas próximas duas semanas pelo menos.

Hoje o autor publicou na página oficial da revista Shonen Jump um pedido de… desculpas pelo seu quadro e por ter que deixar seus fãs esperando por suas histórias. Vamos ler:

「ONE PIECE」作者・尾田栄一郎先生から読者の皆様への休載に関するメッセージ

不覚です!
少々我慢しすぎて事態を悪化させてしまいました。
続きを楽しみにしてくれている読者の皆様と、
暴れるのを楽しみにしている麦わらの一味の皆様に、
多大な迷惑をおかけしております。
ただ今痛ェ治療を続けております。
次回せっかく新展開なのに、早く読んで欲しい気持ちで
いっぱいです。少年達の2週間がどれ程長いか承知してます。
ちょっと待っててください。

尾田栄一郎

Fonte: http://www.shonenjump.com/j/information/odacomment-html

Agora traduzido direto do original para o português:

É uma vergonha!

Por eu ter segurado um pouco além do que devia, meu problema se agravou.

Sinto muito pelos problemas causados aos leitores que esperam a continuação e à tripulação do Chapéu de Palha, que quer fazer bagunça.

Estou me recuperando. Queria muito que vocês pudessem ler logo a próxima parte, que é uma nova história! Eu entendo perfeitamente o quanto é longo o tempo de duas semanas para um garoto.

Espere mais um pouco!

Oda Eiichiro.

Tradução por Fábio Sakuda do blog XIL

Existe algo de muito bonito, admirável e ao mesmo tempo triste e preocupante nessa mensagem.

Como você leu ontem aqui no blog um abscesso peritonsilar se forma pelo mal (ou falta de) tratamento do que poderíamos chamar como uma simples amidalite. Oda deixa claro em seu pedido de desculpas que ele estava doente, mas “preferiu” deixar um tratamento e descansos adequados para manter One Piece em dia, causando seu agravamento até onde não pode mais lidar e precisou de intervenção médica urgente.

Concordo com ele como duas semanas pode ser um longo tempo para quem é fã de uma obra, principalmente quando ela sai todas as semanas e é simplesmente o maior sucesso do seu tipo, mas não, não consigo aceitar que o autor se desculpe por ter adoecido, por ter se sacrificado para manter sua periodicidade.

Se existe alguma vergonha nessa situação ela não está no adoecimento de Eiichiro Oda, isso nós só podemos sentir pesar, tristeza e torcer para que ele melhore o quanto antes. Vergonhoso é um sistema onde alguém se obriga a trabalhar em condições em que não poderia, em que só tem a piorar. Vergonhoso é que ninguém da Jump, entre editores e diretores, tenha parado e pensado “Caramba, vamos dar um tempo para esse ser humano recuperar sua saúde”.

Nos comentários de ontem foi levantada a questão de como essa hospitalização do Oda possivelmente não tivesse ligação com seu trabalho e a forma como se exige que se produza mangas. Esse pedido de desculpas deixa claro que tem. Mais ainda, Oda já chegou a declarar que costuma dormir apenas três horas por dia, sem tirar uma única folga, mesmo que queira viajar com a família por exemplo.

Ele aceitou em plena consciência fazer tudo isso? Sim, muito possivelmente pela paixão que tem pelo seu trabalho, sua obra, sua arte, seus personagens, seus fãs, mas isso não justifica organizações de trabalho desumanas. Três horas de sono por dia! É como dizer que se alguém aceitar trabalhar em condições de escravidão então está tudo bem com esse contrato. Não está!

Esse é um problema só dos mangakas? Só do Japão? Não, definitivamente não. Eu trabalhei na universidade pesquisando sobre o sofrimento de trabalhadores de diversas áreas e aqui em Manaus também podemos ver profissionais – especialmente professores que foi onde mais me concentrei – que estão adoecendo cada vez mais e que só procuram ajuda médica quando simplesmente não há como continuar o trabalho. Os motivos para isso não inúmeros, desde amor pelo o que se faz, falta de condições financeiras para largar tudo e até mesmo a vergonha social. Quem tiver interesse recomendo um trabalho de uma orientadora minha sobre prazer e sofrimento nas indústrias da Zona Franca de Manaus. No entanto, no Japão essa questão toma contornos ainda mais complexos por questões culturais e para isso eu recomendo o ótimo artigo “Karoshi: a arte de morrer trabalhando no mundo business japonês” do blog Otakismo.

Eu sei que é fácil pensar que somos todos livres e que o sofrimento de nossas escolhas são apenas coisas que devemos aceitar em consequência do nosso livre-arbítrio, mas o mundo não é tão preto no branco assim, o trabalhar muito menos, cheio dos seus tons de cinza no meio. Desenhar não está fora disso, na verdade, ser mangaka está muito próximo.

Melhoras, Oda, melhoras!

Sobre esse assunto, o Portal Genkidama estará realizando uma mesa-redonda ao vivo pelo Youtube às 21:30 de hoje (23/05) neste link: http://youtu.be/P4w3fm5Y6b0.

Se acomodem na sala que a discussão promete ser boa nessa 22º edição do programa Fala, Otaku!

PS: Agradecimentos ao leitor Renan SHQ do site Sociedade HQ que deu o toque sobre as desculpas do Oda nos comentários do post passado.

17 respostas em “Eiichiro Oda se desculpa por seu adoecimento e hiatus

  1. Opa, valeu pelo agradecimento. Tentarei participar do Fala Otaku nos comentários hoje!

    Concordo plenamente com o texto, o Oda não tem porque pedir desculpas, quem tinha que fazer isso era a Jump!

    Eu sou fã do Oda, não só pela obra de One Piece, mas quem lê os SBS nos volumes da série, vê uma interação incrível com os fãs, ele é um autor que ama muito tanto o que faz, quanto os leitores.

    E como a Jump não presta, o Oda volta a trabalho desenhando sua 7ª capa para a Jump só esse ano. (A edição #27 será capa e LCP de Nisekoi // A edição #28 será capa e LCP de One Piece)

    PS: Opa, acabei de notar que no post meu nome está como Henrique, hahaha!

    Curtir

  2. Concordo INTEIRAMENTE com o que disse. As pessoas falam muito de se dedicar totalmente a um trabalho/sonho e esquecem totalmente de suas vidas e de cuidar de si mesmas. O certo é saber moderar sua obrigação com sua vivencia, um tempo pra relaxar. Tem um ser humano acima daquele ídolo. Discordo das desculpas dele, fãs que muitas vezes não entendem que devem isso a ele e agradecer por ter uma obra como essa a nossa disposição. Espero melhoras acima de tudo!

    Curtir

  3. E o pior é que tem gente que gostaria de ver um sistema idêntico ao da Shonen Jump aqui no Brasil. Cara, esse sistema é desumano, o quadrinista não tem vida social, e destrói a sua saúde!
    Agora, quanto ao Oda, pensando bem, esse é o jeito samurai dos japoneses, acho que não há muito o que fazer…

    Curtir

  4. é, eu nao concordo com ele pedir desculpas, mas ele quis dizer que segurou demais, e que deveria ter buscado atendimento antes, nao que ele pediu desculpas por estar doente, creio que a shonem jump apesar de tudo, nao é uma senzala como todos dizem, no japão existem leis, melhjores que as daqui, e levando em conta que Oda é japones, ( DO INTERIOR) ele é extremamente humilde, ao que se refere em se disculpar, ele pediria desculpa até se tivesse perdido as mão em um acidente eu acho.

    Curtir

  5. mas a culpa não é unicamente da jump.

    a jump pode até ser rigorosa, mas o autor tem liberdade pra se impor e até pra produzir apenas 3 por semana ou fazer hiatos.

    o negocio é a propria cultura de paises como coreia e japão e o fato de Oda amar o que faz.

    galera nesses paises ja encaram ritmos desumanos até na escola, crianças fazem classe extra de estudo e as vezes passam 10, 12 horas na escola.

    por isso tem tanto caso de suicidio e tal, é muita pressão.

    Curtir

  6. 1. O Eichiro não se desculpa por ter adoecido. Ele se desculpa por não ter se tratado antes, ter negligenciado sua saúde o que o fez se ficar em seu crítico estado atual. 2. Ninguém tem provas de que a Jump obriga-o a trabalhar deste modo “escravo e desumano” como você cita. O fato dele ter negligenciado a própria saúde mostra que talvez ele ame tanto o que faz que pode até mesmo negligenciar seu sono e seu tempo com a família.
    “Queria muito que vocês pudessem ler logo a próxima parte, que é uma nova história! ”
    essa me parece uma frase bastante empolgada pra quem está sendo escravizado.
    A Jump pode muito bem ter ficado surpresa com a hospitalização dele tanto quanto os leitores do Mangá. Enfim desejo que ele se recupere logo e bravamente, não só para continuar escrevendo One Piece, mas pra aproveitar sua vida ainda que seja se matando de trabalhar. Se é isso que ele ama quem somos nós pra julgar.

    Curtir

    • Existe um ponto de vista diferente, é inegável que o Oda ama o trabalho dele, mas isso também não muda que as condições de trabalho que favorecem a doença são impotas pelos contratantes.

      O autor não culpa a Jump, mas isso não tira a culpa da revista.

      Curtir

      • Entendo o ponto de vista do autor, mas concordo com o fato de que ele acabou por negligenciar a própria saúde por amar o que faz.

        Creio que ele não tenha buscado tratamento não pelas condições da contratante, mas por ser (aparentemente) um workaholic. E eu entendo o Oda; eu mesmo já tive complicações mais sérias de saúde por querer trabalhar e ver as coisas andando bem.

        Ah sim, e eu não pude deixar de notar: essa última frase da réplica não fez sentido nenhum. Tipo, “a culpa é sua, mas eu não te culpo por ter culpa”?

        Curtir

        • Quanto à pergunta final, há uma resposta no comentário acima. ;)

          Quanto ao seu segundo parágrafo, concordo contigo que o Oda é workaholic, atire a primeira pedra aquele que nunca passou mal por preocupação com o trabalho. Mas o sistema da Jump não é segredo algum. Independente do autor ser superdedicado ou não, a revista poderia deixar “by standard” um sistema mais leve para os autores.

          Curtir

      • “O autor não culpa a Jump, mas isso não tira a culpa da revista.” que paradoxo ein

        A propósito você tem acesso ao contrato dele com a revista que dê pra ver as condições de trabalho impostas pela contratante (Jump)?

        Curtir

        • O autor não culpa a revista, mas isso não tira a culpa desta.

          Apenas um exêmplo, se um ladrão rouba a carteira de alguém, e a pessoa que foi roubada disse que a culpa foi dela pelo ladrão ter roubado… isso quer dizer que o ladrão não tem culpa?

          Existe negligência por parte da revista, os autores aceitam o sistema dela e publicam lá (eles não são obrigados, podem pedir demissão se quiserem)… mas tu não acha que a revista deveria se preocupar mais com a carga horária dos autores?

          Não tenho acesso ao contrato, mas isso não é segredo nenhum. Publique X páginas por semana… pode ser solicitado mais Y páginas caso receba uma capa/página colorida.
          Cada página regular = valor W
          Cada página colorida = valor Z

          O próprio Akira Toriyama convenceu a Jump a publicar Dragon Ball com apenas 15 páginas em vez das 20 regulares da revista. Sei que o Oda tem o mesmo poder de persuasão, e sei que o Oda não quer desenhar apenas 15.

          Mas o problema da Jump não é apenas nesse caso do Oda, o Kubo para seguido de desenhar por causa de doença, o Togashi faz pausas gigantes de publicação.

          Não há nada que possa ser feito, os autores aceitam qualquer condição pois estar alí é o sonho deles. Para eles o sonho vale tudo isso, se eu estivesse no lugar deles aceitaria qualquer condição da revista também. Porém, essa poderia pode padrão elaborar um plano menos exagerado (por que não fazer todos publicarem 15 páginas, como eu Dragon Ball? Com certeza seria um alívio, e ainda liberava mais espaço na revista para outras séries.)

          Curtir

  7. Realmente é muito preocupante a forma como os mangakás vivem, não só eles, mas todas essas pessoas que aceitam tais condições pra poder conseguir que sua obra seja reconhecida. Algo parecido vem ocorrendo com as empresas especializadas em efeitos visuais, que perdem espaço pra outras pessoas que fazem um trabalho de qualidade semelhante mas por um preço menor e num menor prazo, se sujeitando a trabalhar uma carga horária absurda para poder ter seu trabalho em um filme hollywoodiano de sucesso, o que faz com que todo esse sistema corra o risco de acabar falindo, para entender melhor e com as informações mais precisas assistam o ótimo nerdoffice do jovem nerd(NerdOffice S04E07 – VFX e Top 7 A união faz a força) só jogar no youtube.

    Curtir

  8. Pingback: Era só uma bombinha, resenhas de mangás e animes, Shonen Jump e Eiichiro Oda | Blog do Gusta

  9. Pingback: One Piece para novamente para recuperação da saúde de Eiichiro Oda

  10. Pingback: Palestra com Kaworu Kurosaki (roteirista de Samurai X) | Gyabbo!

  11. Pingback: Era só uma bombinha, resenhas de mangás e animes, Shonen Jump e Eiichiro Oda | Blog do Gusta

Comente e participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s