Stella Jogakuin Koutouka C3-bu – Primeiras impressões

[Commie] Stella Jogakuin Koutouka C3-bu - 03 [CE76AC5E].mkv_snapshot_01.18_[2013.07.27_21.17.43]Comando. Controle. Comunicação.

Toda nova temporada nos deparamos com vários animes slice of life que possuem como contexto algum clube e algumas garotas fofas que normalmente ignoram o propósito do clube em si para passarem os episódios fazendo outras coisas que mostrem um dia a dia engraçadinho.

Não que isso signifique automaticamente que teremos um anime ruim, K-ON! está aí para mostrar que é possível extrair dessa fórmula simples algo carismático e divertido. Ainda assim a maioria dos títulos nesse estilo acabam soando repetitivos, muito similares à própria obra do Kyoto Animation. Por isso mesmo eu havia colocado o anime Stella Jogakuin Koutouka C3-bu na categoria “Milagres acontecem” no meu texto de apostas para essa temporada de verão 2013.

Aparentemente o milagre aconteceu.

[Commie] Stella Jogakuin Koutouka C3-bu - 03 [CE76AC5E].mkv_snapshot_08.15_[2013.07.27_21.38.29]Baseado em um manga escrito por Ikoma e desenhado por Tomomoka Midori que começou primeiro como webcomic para depois ser publicado nas páginas da revista Young Magazine (Chobitsu; xxxHolic) desde maio de 2012, contando atualmente com meros dois volumes compilados, Stella Jogakuin Koutouka C3-bu conta a história de Yura Yamato, uma caloura na Academia para Mulheres Stella que pretende com sua mudança para uma escola nova e em tempo integral mudar quem ela mesma é: alguém com uma auto-estima baixa, sem amigos e que não consegue se destacar.

Lá ela acaba sendo recrutada – meio que à força – para participar do clube de Airsoft, um esporte muito parecido com o paintball ao qual estamos mais acostumados aqui no Brasil, só que com o diferencial de que as armas usadas para atirar pequenas esferas não-metálicas buscam a máxima aproximação com suas contrapartes reais, tornando a brincadeira bem mais próxima do que seria um combate real, só que sem o perigo de grandes danos – basicamente eles são os mesmos de uma partida de paintball: belos hematomas e problemas nos olhos se não for usada a proteção adequada.

O Airsoft começou no próprio Japão para depois se espalhar pelo mundo onde é praticado por pessoas de todas a idades e gêneros. Assim como no paintball o objetivo de uma partida padrão é ou eliminar todos os adversários atingindo-os com as balas ou conseguir roubar do time adversário sua flâmula.

[Commie] Stella Jogakuin Koutouka C3-bu - 02 [F8D14A79].mkv_snapshot_18.07_[2013.07.27_05.14.44]Como dito no início desse post, animes de clube normalmente possuem uma premissa bem simples e com C3-Bu a coisa não é diferente, mas com um diferencial que torna tudo muito mais interessante: as atividades reais do clube realmente importam. Dos três episódios que assisti até o momento, em todos tivemos partidas de Airsoft, alguns com mais de uma no mesmo capítulo, todas com a devida atenção dada, procurando misturar verossimilhança com o esporte real, mas se dando uma licença poética para alguns exageros que só poderíamos encontrar em uma animação.

Dessa forma, a nova obra do aclamado estúdio Gainax acaba surpreendendo por conseguir equilibrar muito bem momentos de “nada acontece” e garotas fofas fazendo coisas fofas típicos desses slices of lives, divertidas partidas de Airsoft que estão sempre presentes e adicionando novos elementos para quem não conhecia a prática, mas principalmente o desenvolvimento da nossa protagonista, algo bem estranho de se ver em obras assim que costumam manter suas personagens iguais, seja na aparência, na personalidade ou na forma de ver o mundo.

[Commie] Stella Jogakuin Koutouka C3-bu - 03 [CE76AC5E].mkv_snapshot_05.11_[2013.07.28_20.35.14]Yura é claramente alguém que tem sérios problemas para se socializar, ainda que tenha um forte desejo de ter amigos por perto (o que acaba gerando uma personalidade divertida que gosta de fantasiar acontecimentos ao seu redor com largas cargas de drama, incluindo aí um item a mais para divertir o público), o que acaba acontecendo de forma inesperada no clube C3, ainda que a garota ache tudo muito maluco no começo.

Como o um jogo de simula situações de guerra exige uma ótima coordenação em grupo, confiança, iniciativa, coragem e lealdade, Yura acaba sendo obrigada a se reinventar partida após partida e principalmente quando está com o grupo maluco que compõe o clube.

[Commie] Stella Jogakuin Koutouka C3-bu - 03 [CE76AC5E].mkv_snapshot_04.58_[2013.07.28_20.34.43]Stella Jogakuin Koutouka C3-bu é uma revolução que fará o mundo dos animes parar para assisti-lo? Não, definitivamente não. Mas está longe de ser uma obra ruim, estando muito mais no patamar de bom ao executar de forma exemplar uma fórmula que muitos descartam ao primeiro olhar na sinopse.

Se você gosta de animes slice of life ou que se passem em clube certamente C3-bu é uma obra indispensável para sua diversão, mas mesmo que esse não seja seu gênero favorito pode ter certeza que a obra possui elementos que deixarão você pensando que esse tipo de série pode realmente ir um pouco mais além do padrão.

[Commie] Stella Jogakuin Koutouka C3-bu - 03 [CE76AC5E].mkv_snapshot_10.08_[2013.07.28_20.36.14] Stella Jogakuin Koutouka C3-bu - 01 - Large 08

7 respostas em “Stella Jogakuin Koutouka C3-bu – Primeiras impressões

  1. Pingback: Guia completo das séries de animes da temporada de Verão 2013 Gyabbo!

  2. Concordo com cada palavra, esse anime é muito legal, ainda mais se você assistir ele sem grande pretensão. A única coisa que não gostei foi a Yura ter cortado o cabelo, P%$#, ela era tão gatinha e fofinha com o cabelo daquele jeito. Tá parecendo homem agora.

    Curtir

  3. Ótimo texto. A referência de Cowboy Bebop no trailer do anime foi o que me atraiu. As cenas de ação com jazz são boas, mesmo com a direção não tão inspirada. Eu nunca fui fã desse gênero, mas este anime me pegou desde o começo (algo que K-ON! não conseguiu). Para mim, apenas carisma e diversão não bastam, então o que realmente me atraiu para seguir o anime foi a protagonista, mais especificamente sua criação de um mundo diferente em sua mente. Até onde eu sei, mesmo sem conhecer tanto, as personagens desse gênero são geralmente mais alegres. Mesmo sendo também alegre, a protagonista de C3-bu é introvertida. Além da quase esquizofrenia de alguns momentos, ela tem problemas para conversar com estranhos, mas, ao mesmo tempo, quer fazer amigos. Me lembro uma versão mais doce da protagonista de Watamote, nesse aspecto. A mudança visual e psicológica que ela sofre, somado a uma fala de outra personagem no começo da série (“Isso não é um grupo só de chá e bolinho”) me fazem acreditar que o anime foge dos padrões do gênero, quebrando a barreira da necessidade de ser moe.

    Obs: O quarto episódio me deu esperanças de algo maior, até. Espero que se concretize.

    Curtir

  4. Quem te viu quem te vê ,Gainax ,de estúdio ousado que fazia obras grandiosas até estúdio derrotado que precisa animar mangazinhos moes pra sobreviver ,é no mínimo triste ver isso .Pra mim o Gainax morreu depois do hilariante Panty & Stocking ,e o que vemos hoje é um morto vivo que não sabe ainda que morreu – ou ao menos não quer aceitar isso .É claro ,vindo de onde vem ,um anime como esse não seria igual aos animes de mesma temática ,mesmo decadente ainda é o Gainax .Mas com uma proposta dessa ,não tem como dar realmente certo .

    Curtir

  5. Pingback: Primeiras Impressões: Dantai Stella C3-Bu

Comente e participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s