UQ HOLDER! – Nova obra de Ken Akamatsu

photo-copy-2cKen Akamatsu está de volta!

Mais de um ano depois de terminar o manga Mahou Sensei Negima! (publicado no Brasil pela editora JBC), o autor Ken Akamatsu não conseguiu se manter somente em seus projetos paralelos como o JComi e retorna ao nanquim com uma nova série nas páginas da Weekley Shonen Magazine, estamos falando de UQ HOLDER!.

Começando já na edição #39 da revista que será lançada no dia 28 de agosto, o autor retoma em UQ HOLDER! um tema que fez tanto sucesso na sua última obra: O mundo passa por grandes mudanças uma década depois das pessoas terem descoberto sobre a existência da magia. No meio de tudo isso nosso protagonista Touta vive a parte desse mundo em uma região rural remota onde essas influências pouco chegaram. No entanto, a vida do jovem muda completamente quando ele entra em contato com uma professora que sabe usar magia e, junto de seus amigos, entra em uma grande aventura nesse mundo novo não só para ele, mas também, em parte, para o resto da humanidade.

Como todo bom autor consagrado é claro que Akamatsu vai receber uma atenção especial e sua história estreia com um capítulo de 82 páginas, com direito ao começo em cores e destaque na capa da revista. Além disso os compradores também receberão um QUO Card estilizado, espécie de cartão de débito pré-pago que pode ser usada em determinadas lojas no Japão.

De acordo com uma entrevista dada pelo autor no início do ano existe a possibilidade dele se aposentar após o término dessa série (ainda que também tenha dito que existia a possibilidade de criar uma continuação para Negima!), focando seu trabalho no seu projeto de mangas digitalizados e no papel de editor.

Apesar de não ser fã de Negima!, Love Hina possui um carinho especial por ter feito parte do meu início enquanto fã de animes e mangas, por isso sempre que o autor aparece com algo novo eu fico empolgado. Acho difícil que essa nova obra não tenha seus fanservices como as séries anteriores, mas me interessei nessa nova abordagem da magia, considerando não somente os personagens principais, mas as influências que isso causa em todo o mundo.

FONTES: Anime News Network | Deculture

11 respostas em “UQ HOLDER! – Nova obra de Ken Akamatsu

  1. Ele está retornando? Wow Wow!!! O gênio está de volta *-*

    Sabe, eu realmente tenho certa irritação com a expressão ‘fan service’, até porque o estilo de mangá dele é Ecchi. ‘Fan service’ seria uma expressão para série que não tem porr* nenhuma e apela para as calcinhas (ou apelações me geral) e etc, certo? :D Love Hina e Negima! são fántasticos por tantos motivos, não dependem do Fan Service, alias o Ecchi é espetacularmente bem usado em ambos. >.>

    Achei a premissa dessa nova série bem parecida com Negima!, de certa forma, o que é mais motivo para mim esperar ancioso. Vamos ver qual será o novo elenco feminino que ele irá criar! *-* Ele é minha maior inspiração quando se trata de ‘interação entre personagens’, ninguém faz melhor que ele. *-* *-* (Fânboyzisse atacando fervulhentemente! < Tal palavra existe?)

    Curtir

    • Então, “fanservice” seria mais uma ferramenta, não um estilo. Qualquer coisa que seja colocada na obra com o intuito de apenas agradar o leitor sem ter uma conexão lógica/forte com a trama seria um fanservice. Por exemplo, cenas muito violentas também podem ser consideradas fanservice. Ecchi são coisas sexuais mais explícitas. Por isso que digo que o Akamatsu usa muito fanservice, não ecchi.

      Gyabbo!

      Curtir

      • Entendo… Mas no caso, o personagem espirra e seu poder faz o vento soprar forte e as saias da garotas levantam. Isso da um ponta pé na relação entre os personagens e muitas vezes faz situações ficarem piores e mais interessantes do que o normal. Ele não fica jogando calcinha ali, apenas porque as pessoas querem ver calcinhas. Pelo menos eu creio nisso. Veja Love Hina, se não fosse esses tipos de cenas, as situações não teriam o desenvolvimento que tiveram. É diferente de um mangá de comédia ou romance, ou luta, que do nada joga uma cena na piscina e etc’s (muitas vezes porque a série não vai bem….). Essas situações nas obras do Ken fazem parte da trama e de seu estilo. Vendo assim, eu não creio que seja fanservice. Desenhar para vender, e desenhar por estilo ou pela história em si, eu considero coisas diferentes.

        Mas sei lá, de qualquer forma, eu vou embarcar no novo mangá, se divertir é o que importa afinal :D

        Curtir

        • Concordo com o Rafael, as cenas de Love Hina são parte do mangá, não somente fanservice (mesmo que acha algum), quanto ao Negima eu não posso dizer nada sobre isso.

          Curtir

        • O termo “fan-service” foi introduzido em Evangelion. No final dos episódios a Misato falava que no próximo episódio teria mais “serviços para fâs”

          Ecchi é quando o manga foca nas piadas “eróticas”. Fan-service é quando estas piadas são mais usadas como “ferramentas” e não como foco. Evangelion tem uma história bastante séria que foca a luta contra os Anjos, mas tinha bastante “fan-service” que, além servirem pra dar uma quebrada na tensão do animê, também eram importantes na relação entre Shinji, Asuka, Rei e Misato.

          Love-Hina é um mangá puratmente ecchi. Negima!, já é mais um manga Battle Shonen com bastante “fan-service”.

          Curtir

          • Certo. Mas ainda sim, eu considero o estilo do autor. Exemplo: Se eu ou você, ou qualquer um, gostar de desenhar garotas sexy lutando, isso é estilo. Fazer um mangá de garotas sexy lutando não seria necessariamente fanservice. Por que tu está a desenhar o que gosta, não o que os punhetei… Digo, fãs, querem. Love Hina é uma comédia romantica e o estilo do autor é que dá toda a intenção Ecchi do mangá. Eu vejo Fan-service como uma forma de aumentar vendas, por exemplo, uma light novel adaptada para anime, muitas vezes ganha elementos sexuais. Mas é claro, podemos ver uma forma não agressiva de Fan-service que é o caso de Evangelion e muitas outras obras. Ecchi é um genero, assim como Ação ou Comédia, ter ele não significa fan-service, na minha visão, agora se o mangá é focado em Ecchi, então ele está quase caindo para o hentai, quase, dessa forma eu o considero fan-service. Por que no caso, não há nada de história ou qualquer outra coisa interessante, apenas, peitos.

            Ah, mas, whatever, vamos é assistir e ler que é o que importa hehe :D

            Curtir

  2. Humm! Um dos meus autores favoritos de volta … Que raridade! Tomara que a nova obra possa ser uma nostalgia de Love Hina … Minha série da infancia xDD

    Curtir

  3. Ken sabe criar uma boa historia, mas é um merdeiro dos grandes ao finalizar elas, parece que ele ñ consegue fazer um final bom pros seus mangas, depois do final merda q ele fez pra negima tenho minhas dúvidas se irrei acompanhar ou ñ.

    Curtir

  4. Pingback: UQ Holder - Veja primeiras imagens oficiais da nova série de Ken Akamatsu - XIL (shil)

  5. Vou falar em, li o primeiro capítulo e afirmo: chegou chutando bundas com selo de qualidade Akamatsu. Sim, eu vejo cada vez mais a Magazine ultrapassando a Jump, e torço muito por isso, UQ Holder é mais dos motivos. Isso é qualidade em Shonen… Apesar de ter sido assustador ver o autor de Love Hina nessa agressividade animal T-T

    Curtir

Comente e participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s