Mangá² #85 – Mangás para Meninos vs Mangás para Meninas (Com Gabriela N.)

Sejam bem-vindos ao episódio nó de gravata do Mangá², o podcast gosta de meninos e meninas. Este projeto é uma parceria entre Mangás Undergrounds e Mangatologia.


Neste programa, Judeu Ateu e Estranho, recebem a visita da Gabriela Negro, colunista do Gyabbo! para finalmente ter um papo sobre mangás para meninas.

Nesse tema prometido há tempos, comentamos levemente sobre a história do shoujo e do josei, suas características, sua relevância para leitores de shonen/seinen, seus problemas, sua situação no mercado brasileiro de mangás… enfim, um papo geral sobre essa demografia tão negligenciada por nós anteriormente.

E na recomendação da semana, nossa convidada indica um premiado josei político com um interessante panorama de gênero.

Contato
Sugestões de pauta, sugestões de leitura, dúvidas, elogios, críticas, Recomendação do Ouvinte em áudio, qualquer coisa! O email para contato é: mangaaoquadrado@gmail.com

Links Comentados
Estranho narra Goku vs. Korosensei, por Gabriel Macena

Assine o Feed do Mangá²
iTunes do Mangá²

Cronologia do episódio
(00:20) Discussão Semanal – Mangás para Meninos x Mangás para Meninas

(41:40) Leitura de Emails

(57:00) Recomendação da Semana – Ooku

Download (CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA A OPÇÃO “SALVAR DESTINO COMO…” OU “SALVAR LINK COMO…”)

6 respostas em “Mangá² #85 – Mangás para Meninos vs Mangás para Meninas (Com Gabriela N.)

  1. Judeu Ateu e Estranho grandes Pseudos-Podcastianos e Undergroundnianos em assuntos irrelevantes a sociedade mas que me interessão tanto.

    Curtir

    • Já vi muita menina (eu inclusa) lendo “mangá pra meninos” e um sem fim de meninos que torcem feio o nariz pra “mangá pra meninas” (como se um pedaço de papel tivesse a capacidade de torná-los “frutinhas” automaticamente), sendo assim, em parte eu concordo com vc, mas não há como negar o preconceito a um certo tipo de mangá.

      Curtir

      • realmente tem muito fanboy machista idiota mesmo ¬¬
        eu sou “frutinha” porque gosto de homi e não porque gosto de ler “mangá de menina” xD
        sem contar que a maioria dos mangás que eu leio são “mangás de meninos” :v

        Curtir

    • Existe sim. As demografias, embora não sejam 100% precisas, são indicativos claros do público alvo de determinadas histórias, quer você aceite ou não.
      Na real, no podcast falamos justamente sobre isso também, ouça-o!

      Curtir

Comente e participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s