Ramayana: Rama Ouji Densetsu – A Lenda do Príncipe Rama

Hare krishna, hare krishna, krishna hare hare

Ramayana: Rama Ouji Densetsu, um filme animado indo-japonês baseada no épico indiano Ramayana.

Nessa obra o príncipe Rama é condenado injustamente a um longo exílio de 14 anos por seu próprio pai, o rei Ayodhya. Durante esse tempo ele desvenda armações e ciladas dos demônios, e enfrenta, por mar ou por terra, as criaturas mais estranhas. Com a ajuda de macacos, ele irá lutar contra Ravana, o demônio invencível, que raptou sua esposa, Sita.

A animação é de 1992, tem duração aproximada de duas horas, com a direção de Yugo Sako e Ram Mohan, produção de Krishna Shan e Yugo Soko, além da trilha sonora composta por Vanraj Bhatia.

rama

Rama possui traços singelos e suaves, um olhar meigo, ao mesmo tempo que podemos observar uma personalidade firme e determinada. Ele é retratado como um homem perfeito. Nas aproximadamente duas horas de duração do filme conseguimos perceber o quão é um esposo ideal, um irmão leal, amigo do povo e, acima de tudo, cativante.

Sua esposa Sita – um dos elementos essenciais da narrativa – é dedicada e sua vida se resume em estar ao seu lado. Quando sequestrada por Ravana, permanece acreditando e tendo fé que Rama irá salvá-la. Com o passar do drama, o seu desejo de ser salva passa a ser também o desejo de libertar o povo oprimido e escravo que habita onde ela está. Nisso nos deparamos com uma cena que vale a pena a ser ressaltada: onde ela se nega a ser apenas salva, quando tem a oportunidade de fugir, preferindo ficar, pois sabe que uma hora ou outra Rama irá não só salvá-la, mas libertar a todos.

rama3

Outro personagem em destaque é Ravana, não exatamente pelo personagem em si, mas por seu desenvolvimento durante toda a trama. No início tudo que ele faz era apenas uma vingança em nome de sua irmã, mas no decorrer dos acontecimentos sua motivação se transforma para uma questão de honra.

Se os personagens são interessantes, a animação sempre linear oferece pouca contextualização, sendo trabalhada de maneira muito objetiva, pecando em certos momentos que poderiam ser melhor explicados e apresentados.

rama2

As cores também foram outro ponto negativos da animação. Há certos momentos que eles as utilizavam muito bem, como na cena de despedida de Rama quando ele é exilado. A junção dos tons rosados tornou deu harmonia para o momento. No entanto, na grande maioria das vezes é até difícil identificar se Rama era azul ou não.

Por fim, é preciso ressaltar o bom trabalho feito na parte musical, encaixando-se perfeitamente com animação e a trama enquanto ela se desenrola.

Ramayana: Rama Ouji Densetsu é um filme recomendado para todos que procuram uma alternativa no mundo dos animes e também àqueles que apreciam a cultura indiana ou queiram apenas aproveitar uma boa história.

Uma resposta em “Ramayana: Rama Ouji Densetsu – A Lenda do Príncipe Rama

  1. Wow, uma co-produção indiana, que curioso! Essa é uma animação que vai para a minha lista. Gostei do texto, Ana, me deixou super interessada ^__^

    Curtir

Comente e participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s