O Maestro – Editora Panini – Vol. 1 e 2

Um cadáver sem a cabeça em um apartamento, uma flautista com sonhos estranhos e um triângulo amoroso entre músicos com um segredo “sangrento” – esses os são elementos que compõem o suspenso de O Maestro (The Conductor), manga shoujo de 4 volumes em andamento no Brasil pela Panini.

O Maestro, The Conductor #1

Capa do volume #1

Naomi Kuchiki procura um terapeuta para descobrir a razão por trás de seus estranhos sonhos com um homem misterioso segurando uma cabeça. Enquanto isso, a polícia encontra o cenário de um crime preparado teatralmente: um cadáver decapitado sentado de frente para a janela. E para fechar o mistério, o maestro Yuuki retorna da Europa para o Japão, aceitando participar e patrocinar um espetáculo em que sua ex faz parte da orquestra. Yuuki e Akiho terminaram há cinco anos e desde então Akiho está com Tamaki – que possui um ferimento na mão em consequência de algo que ele e Yuuki fizeram antes deste deixar o país.

Naomi de início parece ser a mais comum entre os protagonistas, e aceita as grosserias gratuitas de Akiho, mas é, talvez, quem guarda o maior segredo da história, até mesmo de si mesma. Yuuki é arrogante e ambicioso, coisa que ele próprio admite ser um defeito. O inspetor Ishikura é estressado e temperamental, é fácil simpatizar com a situação pessoal dele, por ser triste, mas o seu modo enfezado de ser e de lidar com as coisas o torna antipático. Tamaki é capaz de qualquer coisa para continuar noivo de Akiho. De certa forma, as personalidades e até a falta de caráter das personagens, que enfraquece a ligação emocional que podemos ter com elas, contribuem para o suspense de O Maestro por tornar cada um deles imprevisível, tornando difícil prever os seus finais antecipadamente.

O Maestro – The Conductor #2

Capa da volume #2, facilmente confundível com a do volume #1

A arte do manga é por conta da mangaka Nokiya, responsável por outras adaptações como Code Geass: Knight, Darker Than Black e a participação em Tiger & Bunny Anthology. Apesar das experiências anteriores da mangaka, o volume #1 de O Maestro só funciona a partir do segundo capítulo: mesmo que o primeiro dê todas as informações necessárias para a compreensão do enredo, ele não funciona tão bem no estilo manga pela arte empregada dificultar a apreensão das emoções que a autora quis passar.

O volume #2, por sua vez, flui mais naturalmente e o misto entre mistério e terror policial não é rompido em nenhum momento.

O roteiro é por conta de Manabu Kaminaga, autor do livro original em que o manga é baseado, além de ser também o criador de Psychic Detective Yakumo, publicado no Brasil pela mesmo editora, o que já mostra que podemos esperar um aprofundamento maior no suspense.

Publicado originalmente na mesma revista shoujo de Yakumo, a Asuka, da editora Kadokawa Shoten, vale a aposta e é uma boa recomendação para quem curte um bom thriller cheio de reviravoltas.

Comente e participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s