Monster – Editora Panini – Vol. 15

Hoje teremos um review de Monster #15 que teve direito a um psicopata louco e uma grande preparação para o próximo volume.

Atenção, este post contém spoilers do volume #15 de Monster.

O volume começa explicando o que aconteceu anteriormente com o guarda-costas. Após investigar o “Monstro” ele acabou encontrando o seu discípulo que quase o manipulou a matar Eva, não fazendo isso ele foi baleado. Depois ele conta tudo ao Tenma, Ana recupera a memória e o nosso protagonista é salvo por alguém que quer matar o homem que ele procura.

1

O discípulo do “Monstro” é algo impressionante, suas atitudes chegam a criar uma repulsa, um ódio, até mesmo raiva por parte do leitor. Enquanto os psicopatas que geralmente são encontrados nas mídias fazem o que fazem por acharem que estão fazendo algo certo ou para obterem um prazer perto do libidinoso, ele simplesmente faz por achar “legal”.

E esse legal é o mesmo de uma criança que recebe um presente de natal, ou que vê o time da sua turma ganhar o intercolegial. Isso não é certo, incomoda. Não é normal ver alguém manipular uma pessoa com uma conversa que envolve descrição de assassinatos e suicídios enquanto pula na cadeira e sorri como uma criança alegre.

Isso é aterrorizante, mas ao mesmo tempo fascinante.

3

Nesse volume fica a grande dúvida de como Tenma vai agir no próximo, pois aparentemente haverá mais pessoas ajudando ele, mas isso na realidade pode ser exatamente o contrário. Sua ex-noiva tentará matar o “Monstro”, mas provavelmente terá que ser protegida ou até mesmo resgatada.

Monster, assim como 20 Century Boys (as únicas obras do Naoki Urasawa que conheço), tem um diferencial de outros mangas, que são os finais dos volumes. Parece que ele sempre consegue encaixar os melhores ganchos dramáticos no final e não em um capítulo qualquer perdido no meio do tankobon.

2

Esse volume, no entanto, é um pouco diferente. Porém, mesmo não tendo um final tão surpreendente, resume muito bem o que foi esse volume: uma preparação para o encontro de vários personagens importantes em um momento de tensão.

Ana querendo contar o que se lembrou, Eva tentando matar o “Monstro”, o turco tentando matar o homem que é procurado por Tenma que quer sim matar o grande vilão da história, mas que também quer que ninguém se machuque no processo, tudo isso ao mesmo tempo e em locais muito próximos. Resta só esperar e “ler” o que vai acontecer.

Quer discutir o volume, encontrou alguma coisa interessante que eu não citei ou discorda do que eu disse? É só usar os comentários. Cuidado apenas para não dar spoilers dos próximos volumes.

2 respostas em “Monster – Editora Panini – Vol. 15

Comente e participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s