Terra Formars – Editora JBC – Vol. 1

As baratas chegaram no Gyabbo! Venha conhecer a luta espacial de Terra Formars da editora JBC.

Terra Formars é um manga de ficção científica escrito por Yu Sasuga e desenhado por Ken-Ichi Tachibana, publicado desde 2011 pela editora Shueisha, encontrando-se atualmente com 15 volumes publicados.

Na história estamos no ano de 2599 onde o planeta Marte se encontra em pleno processo de transformação. Toda a superfície do planeta foi coberta por uma espécie de alga e… outra forma de vida. Quinze jovens sem nada a perder são enviados para lá, na nave tripulada chamada BUGS-2. Afinal, que organismos foram esses que sofreram uma surpreendente evolução naquele, até então, inóspito planeta?!

tf0001

Neste primeiro volume descobrimos que essas tais criaturas são nada mais nada menos que… b-a-r-a-t-a-s!!!!!!!! Isso mesmo! Aquela velha criatura que costumamos ter nojo, dessa vez teremos medo e algumas pontadas de ódio. As baratas foram mandadas para marte e evoluíram tornando-se monstros maiores que nós e que matam humanos por vingança por todos os anos em que foram  oprimidas.

Uma coisa é certa, apesar de vários furos no drama e de ter sido extremamente exagerado, Yu Sasuga foi bem criativo na hora de escolher o enredo. Não é daquelas histórias mirabolantes com desenvolvimento tão detalhado que chega a ser convincente, longe disso, suas teorias fogem demais do real, mas por mais que não convençam, é agradável e divertido.

tf0002

Contudo, o jeito de contar a história é confuso, com muitos personagens cuja conexão entre eles parece não existir, não há nenhuma preocupação em desenvolver uma boa relação entre os personagens. A história é toda baseada em batalha, batalha e mais batalha nesse primeiro volume, e assim ficou tediosa. 

Se você gosta de representações cruéis de humanos que enfrentam seres aparentemente superiores, Terra Formars definitivamente é para você. Mas se está procurando personalidades bem trabalhadas e sentimentos profundos, evite-o. Apesar de ser apenas o primeiro volume e ter uma narrativa que me prendeu, o drama me pareceu muito superficial e tendencioso, criando falsas expectativas e me deixando um pouco decepcionada. 

tf0003

A maioria dos personagens voltam à história, mas muitos não sobrevivem, possivelmente o que fez de Terra Formars o sucesso que é hoje. No entanto, dessa forma não dá gosto nem de  decorar os seus nomes, são totalmente descartáveis.

O estilo da arte é brutal, sem nenhum escrúpulo de mostrar o interior do corpo humano, bem como uma coluna vertebral de uma pessoa quando sua cabeça é puxado para fora de seu corpo. O contorno dos desenhos são bem acentuados devido sua influência nas ficções científicas dos anos 80/90, casando bem com a sua história. É como se o traço já nos dissesse como seria o mangá.
tf0004

O volume físico da JBC está muito bonito. Optando por utilizar papel offset no corpo do texto ao invés de brite 52, foi um mimo principalmente para os colecionadores que gostam daquele papel branquinho na hora da leitura. A revisão está impecável como de costume e a edição, incluindo as fontes, está super harmonizada, certamente vale seus R}$14,90 pelo custo-benefício.

Terra Formars é um bom manga, mas não tanto quanto parece, com falhas óbvias, feito para os amantes de aventuras gore apenas. Se você estiver esperando um bom suspense, eu não indicaria, mas vamos dar uma chance para o segundo volume!

12 respostas em “Terra Formars – Editora JBC – Vol. 1

  1. Esse primeiro volume é todo um prólogo do mangá, no segundo é que começa a verdadeira história, e nele você pode guardar os nomes dos personagens na cabeça.
    E ao contraria de você o autor me convenceu das explicações sobre terraformar Marte, é algo que pode acontecer de verdade.
    As baratas não matam os humanos por vingança, mas é spoiler então não irei dizer XD
    Os personagens não tem nenhuma ligação pois eles não tem nenhuma ligação, no segundo volume você vai entender, mas é pq eles são pessoas miseráveis aleatórias que querem dinheiro e se inscreveram para a missão.

    Curtir

  2. Bom dia!
    Amigos, uma pergunta: Entre Tokyo Ghoul, Terra Formars, e o futuro Gangsta, qual é o melhor?
    Minha história: Comprei Tokyo Ghoul, achei um bom drama, mas os gráficos deixam a desejar. De Terra Formars, folheei num relance, e adorei a parte entomológica da coisa, os gráficos parecem bons, mas achei muito mono-design-de-inimigo, sem contar que desde Gantz, a fórmula sado-erotista (usada bastante neste último) parece já ter dado o que tinha que dar, pelo menos pra mim. Neste caso, acho que acompanhar Vinland Saga refinou meu gosto. De Gangsta, só estou atingido pelo hype, mas me sinto algo saudoso do feeling mafioso de Black Lagoon, e principalmente de Sanctuary (Obrigado, Conrad). A propósito: se alguma editora relançar/continuar Sanctuary/ Lâmina do Imortal, compro de olhos fechados.
    Resumo: Devo usar meu dinheiro com critério, e comprar apenas um destes três.Tendo a Tokyo Ghoul ou Gangsta. (Isso se não preterir ambos por um seinem mais charmoso)
    Opiniões?
    Obrigado.

    Curtir

    • Se for pelo traço: recomendo Gangsta, ele tem um visual bem agradável e contém um estudo anatômico muito bonito e uma história bem desenvolvida. Já Tokyo Ghoul tem um traço bonito, entretanto mediano (menos as capas, aquelas aguarelas são lindas e ficam cada vez mais) contendo uma história com muitos altos e baixos

      Curtir

    • Não li Gangsta. Mas para mim Terra Formars é muito superior a Tokyo Ghoul. Tokyo ghoul nem continuarei comprando,

      Curtir

  3. Acabei de ler o T4M e achei ele bem interessante.
    Não me pareceu ser a “8ª maravilha do mundo” como vi muitas pessoas comentarem em diversos lugares desde que o mangá saiu no Japão (da mesma forma que não achei Tokyo Ghoul tudo isso). Mas confesso que achei um mangá bem interessante e uma boa opção para quem gosta dessa pegada mais “pesada”. Vou continuar comprando com certeza.

    Só fiquei com uma dúvida, esse offset está diferente do normal ou foi impressão minha? Tenho Kenshin, Sakura, Sailor, YuYu e agora Hellsing e nunca tinha notado tanto a transparência como notei em T4M. No começo então, é muito nítido.

    Mas também não é nenhum fim do mundo, no geral o mangá está muito bom.

    https://itadakimasuanimes.wordpress.com

    Curtir

  4. Flávio, também li Terra Formars, emprestado de um amigo, e não achei tudo isso não. A narrativa até me prendeu mas nada que eu não possa viver sem. Talvez eu leia o segundo volume só pra ter certeza. Estou de posse de Tokyo Ghoul desse mesmo amigo mas ainda não li. Gangsta assisti só o primeiro capitulo do anime e gostei, apesar de ter achado o traço meio irregular, meio feio na verdade, mas achei interessante então acho que entre esses dois fico com Gansta. O Tokyo Ghoul eu folheei e não achei o desenho tão interessante também. Bom, meu voto é em Gangsta mesmo, espero ter ajudado, até.

    Curtir

      • Bom dia!
        Rodrigo, Karolina, Haag, Thiago… Muito obrigado pelas opiniões!
        Acho que vou preferir Gangsta mesmo. Algo nele tem um feeling que me lembra Black Lagoon e Sanctuary, mesmo.
        Ah, se o traço de Tokyo Ghoul fosse como as aquarelas… bem apontado.
        Terra Formars, parece legal, mas não fez meu tipo. Algo a ver com paralelismo com Gantz, imagino.
        Davi, muito digno da sua parte evitar spoilers, mesmo alguns como eu não acompanhando a obra.
        Té más, gente. Tenham um bom dia.

        Curtir

Comente e participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s