Lance N’ Masques – Primeiras Impressões

Lance N’ Masques é uma das primeiras estreias da nova leva de animes! Veja o que ele tem a oferecer além de lanças e… Máscaras…

Guia Completo Temporada de Outono 2015Outra temporada de animes teve início e mais uma vez ficamos em dúvida sobre o que acompanhar e o que deixar passar. Alguns escolhem o que assistir pela sinopse, outros pelo design do pôster e do trailer, e outros simplesmente pelo diretor da animação. São diversas formas, mas ainda assim diversas vezes acabamos escolhendo errado e assistindo uma série não tão empolgante. Para tentar minimizar essa possibilidade vamos conhecer um pouco mais de Lance N’ Masques para saber de onde surgiu e se realmente vale a pena assistir.

A história começa nos apresentando ao jovem Youtaro Hanabusa, um dos últimos remanescentes da ordem dos cavaleiros do século XXI denominada “Knights of the World”. Filho de um lendário cavaleiro, ele acaba se formando na academia de treinamento e nomeado também para seguir os passos do pai, que saiu numa viagem sem dizer adeus ou pra onde foi. Youtarou acaba recebendo sua lança e sua máscara, que são os símbolos de um cavaleiro formado, mesmo sem querer ser um. Aparentemente ele estava apenas seguindo os passos do pai e acabou se vendo num árduo treinamento de anos, que acabou deixando-o acostumado a “ser um cavaleiro”. Sempre que ele vê alguma donzela em perigo aparente, seus instintos de cavaleiro praticamente o empurram para uma entrada heroica, arriscando sua vida por “ladies” desconhecidas, que nem sempre querem ser salvas. Numa dessas tentativas de salvamento ele conhece Makio Kidouin, uma jovem e inocente garota de seis anos, que vive sozinha num casarão e decide ficar ao lado dela para protegê-la até descobrir porque os pais não se importam com ela.

Lance 02A premissa da história, aparentemente é algo bastante clichê com um personagem meio atrapalhado e atirado em relação às garotas, que diga-se de passagem, quase sempre são bem crianças e isso é bem… bizarro! Lance N’ Masques está sendo adaptado pelo Studio Gokumi que trouxe para a TV as light novels escritas por Hideaki Koyasu e que foram desenhadas inicialmente por Shino. A série de romances teve início em 2013 e possuem quatro volumes até agora. O anime adaptará uma parte delas em 12 episódios e será dirigido pelo novato Kyohei Ishiguro que teve como único trabalho de expressão até agora a direção do aclamado Shigatsu wa Kimi no Uso. Seu trabalho anterior acaba não sendo parâmetro de comparação de qualidade, já que a própria obra original era muito boa e o estúdio em que ele trabalhou Shigatsu foi o A-1 que praticamente é uma fábrica de sucessos. Agora no Studio Gokumi que teve como maiores trabalhos as adaptações de Saki e Kin-Iro Mosaic. Será que Ishiguro conseguirá mostrar ser realmente um diretor de qualidade nesse novo anime?

Se depender das primeiras impressões para descobrirmos, provavelmente vamos ficar a ver navios. O primeiro episódio de Lance N’ Masques apresentou uma história murcha com poucos momentos de empolgação e o alívio cômico não foi eficiente. Nem mesmo o provável mistério em torno de Makio não morar com os pais chega a ser tão interessante a ponto de querer assistir ao próximo episódio. Os personagens parecem nem sequer mostram personalidade interessantes apesar de suas premissas prometerem isso ao público. Sobretudo a empregada de óculos que dá a impressão de já ter aparecido em dezenas de outros animes que você com certeza já deve ter assistido. Sem falar no character design bastante genérico para um anime sobre cavaleiros de lança.

Lance 03A paleta de cores chega a incomodar um pouco no contraste com os cenários, único ponto que realmente bom. Todos são lindos, coloridos e perfeitamente encaixados nas cenas, mas talvez por isso a coloração e iluminação dos personagens em cena não consiga acompanhar. É como se tudo ao redor esteja sob um sol forte, enquanto os personagens ficam em uma sombra imaginária e constante. Isso chega a incomodar ao longo do episódio em diversas cenas, mas pode ser apenas uma escolha do próprio estúdio para criar uma identidade visual.

A trilha sonora passa despercebida com músicas sem muito alarde e que apesar de tentar trazer o clima “medieval” da época dos cavaleiros, não tem muito sucesso. O ritmo do plot até que é bacana, com acontecimentos sem muita correria, mas peca um pouco na apresentação desse mundo. Não conseguimos entender para que existe a ordem de cavaleiros ou o que eles fazem. Talvez seja apresentado ao longo da série, mas terá que ficar a seu critério dar uma chance. Até agora pouco se vê de lanças e quase nada de máscaras, aliás… Não se vê muita coisa sobre quase nada…

Lance 04

2 respostas em “Lance N’ Masques – Primeiras Impressões

  1. Eu vou ver esse anime, apesar dele não ser eficaz em muitos pontos, conforme a análise aponta, eu quero descobrir todos os pormenores dessa narrativa.

    Curtir

Comente e participe da discussão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s