[Coluna Hanyan #1.5] Vitamin

Olá!

Muito tem se falado sobre o caso de Minami Minegishi do AKB48, você pode inclusive ler os textos do Denys (eu dei a minha opinião lá também) e da Valéria Fernandes do blog Shoujo Café 1 e 2. Como o assunto já foi muito discutido, eu não pretendia escrever sobre o ocorrido.

No entanto, enquanto eu conversava com uma amiga minha sobre o tema, ela me perguntou se eu já havia lido o manga Vitamin. Confirmei, mas disse que não entendia a relação. Então fui reler a obra e percebi que sim, tem muito a ver. O mangá não discute sistema de idols, lolismo nem nenhuma das questões que considero vitais no caso Minami, mas ambos partem de uma situação sexual tomando proporções públicas e expondo suas protagonistas à humilhações.

cover borda
Vitamin é um mangá de volume único que teve seus capítulos originalmente publicados em 2001 na revista shoujo Bessatsu Friend – a Betsufure. Sua autora é Suenobu Keiko, a mesma de Life. Quem conhece o trabalho da autora já deve estar imaginando: o mangá trata sobre ijime (o famoso bullying) que no Japão toma proporções extremamente violentas.

Continuar lendo

[Coluna Hanyan #1] Paradise Kiss

Olá!

Sou a Mallu! O Denys teve a gentileza de entrar em contato comigo para que eu escrevesse uma coluna mensal para o Gyabbo! sobre mangás voltados ao público feminino, então aqui estou. Sinto-me honrada com a oportunidade, espero que dê certo e que eu possa me divertir bastante com todos.

Paradise-Kiss-Conrad-Covers-1-5

Em primeiro lugar gostaria de esclarecer que, independentemente do público alvo, as obras tem que ser analisadas pela qualidade. Eu tenho uma tendência a me identificar mais com shoujo, afinal é um produto “demograficamente” destinado a mim, mas nem por isso tenho preconceito contra qualquer outro gênero. Mais do que “gostar de shoujo”, eu gosto de mangá! E se o mangá for bom, não importa para quem ele foi escrito, ele vai conseguir passar uma mensagem diferente pra cada pessoa que o ler.

Então na coluna “Hanyan” (que como a nossa querida Card Captor Sakura nos ensinou, representa todas as coisas boas que nos deixam felizes e… hanyan) eu gostaria de desmistificar um pouco o preconceito que as pessoas têm contra todo um gênero, muitas vezes antes de sequer conhecê-lo. Meninos, deem uma chance ao shoujo e ao josei, da mesma forma que as meninas também podem prestar mais atenção ao seinen e ao shounen. Porque tem um monte de coisa boa espalhada por aí e se a gente se limitar vai perder metade da diversão.

Militância feita, vamos começar a falar um pouco sobre o título que escolhi para abrir a coluna, Paradise Kiss.

Continuar lendo