Ichiban Brasil 2009

Aproximadamente há sete meses atrás, entre os pensamentos que tinha para o Gyabbo!, me surgiu uma ideia interessante. No primeiro momento pensei que aquilo seria impossível, porém, tudo parece impossível até ser realizado. A ideia não era exatamente original, mas ainda sim era única (pelo menos até onde eu sei). E no dia 31 de Janeiro de 2010, depois de muito trabalho, contra-tempos, pesquisa, pensamentos, contatos e principalmente dedicação, aquilo que há sete meses atrás era somente uma ideia, se torna realidade. O prêmio Ichiban Brasil.

Continuar lendo

Versão Brasileira

Hello folks! Como estão? Estou morrendo de sono aqui na madrugada de sábado para domingo, mas como ainda vou ter que estudar, resolvi escrever o post semanal logo. O plano inicial era falar sobre o movie Summer Wars, mas não quero ver algo tão esperado com tanto sono, por isso vai ficar para a próxima semana, aguardem! Continuando (mesmo que de forma não proposital) com os posts matérias que ando escrevendo, hoje quero comentar sobre as versões brasileiras.

(Yuyu Hakusho – Sorriso Contagiante. A melhor música em um anime. EVER. Incluindo as japonesas)

Como já comentei aqui no Gyabbo!, ver animes antigamente era uma experiência muito diferente do que é hoje em dia. Em uma época em que conseguir animes subados era um verdadeiro desafio (e até mesmo caro), tínhamos que nos contentar com as versões brasileiras dos que chegavam aqui. Hoje é quase um clichê ouvir em qualquer fórum ou comunidade de animes que animes deveriam sempre estar em japonês. Esse tipo de puritanismo se reflete em muitos grupos de fansubs que acabam por inserir em suas legendas vários termos em japonês, mesmo que isso dificulte aquilo que deveria ser a missão primária desses grupos, trazer mais fãs para a área (mas essa discussão fica para outro post). Esse post trata exatamente disso, para mim as versões brasileiras não só são bem vindas como são fundamentais para o desenvolvimento saudável e duradouro do mercado.

Durante muito tempo eu partilhei a ideia de que a dublagem brasileira era péssimo, especialmente em momentos de maior emoção, onde os japoneses realmente fazem um trabalho mais consistente. Mas a verdade é que a dublagem brasileira é sim de alto nível, apesar dos estúdios pecarem muito no rodízio de vozes, o problema está no ouvido de quem assiste. Como li há um tempo no fórum Sugoi, a questão é muito maior de costume do que realmente de qualidade.

Apesar do protecionismo que muitos fãs tem sobre os animes, a difusão dos mesmo no mercado oficial nacional seria de grande valia para todos, visto que esse desenvolvimento mercadológico só poderia acontecer se em conjunto com outros mercados, principalmente os de brinquedos. Sinceramente, eu gostaria muito de poder encontrar uma blusa de qualidade de, por exemplo, Fullmetal Alchemist. Queria poder comprar CD’s com a OST dos meus animes favoritos sem ter que pagar horrores para importa-los. Queria poder sentar no sofá da minha sala e ver um bom anime na televisão ao invés de baixa-lo, como fiz com Death Note.

Essa popularização de animes não tem como acontecer de verdade sem que sejam feitas as versões brasileiras, e, principalmente, que vários animes passem na TV aberta, verdadeira vitrine, visto que a TV à cabo ainda é muito limitada.

Vimos então que temos sim qualidade na nossa dublagem e que a popularização da animação japonesa no Brasil seria uma boa para todos, fãs e não fãs. Se você não está convencido quero falar um pouco das aberturas e encerramentos, partes fundamentais para a alma de um anime. Você consegue pensar em Pokemon sem a sua primeira abertura? Ou assistir Sakura Cardcaptor sem a sua? São músicas incríveis que nada devem às originais, às vezes até superando-as, como em Yuyu Hakusho e Pokemon.

Apesar de termos casos desastrosos como o de Dinossauro Rei, a verdade é que estamos cercados de ótimos exemplos disso. Antes de começar esse post fui pesquisar algumas para ilustra-lo e acabei deparando com tantas músicas de qualidade que fiquei impressionado. Sejam clássicos como Sailor Moon, Fly, o Pequeno Guerreiro ou mais novos como as de InuYasha e Hunter X Hunter, as versões brasileiras dessas músicas certamente marcaram todos que assistiram. Posso dizer, por mais que as japonesas sejam ótimas, nada supera cantar a abertura de Fly com vários amigos. Poderia ficar aqui listando vários exemplos, mas acho que vocês entenderam. Se a chance de termos ótimas músicas, muito mais fáceis de cantar e se relacionar, a verdade é que se tudo der errado, ainda poderemos ir para a versão original, no fim ficamos com duas boas músicas!

Eu sei que poucas pessoas irão concordar comigo, mas realmente quero saber a opinião de vocês sobre isso. Além disso, digam quais são suas aberturas/encerramentos favoritas em português!

Outras aberturas/encerramentos:

Encerramento – Yuyu Hakusho

http://www.youtube.com/watch?v=G489-1m0Gbo

Encerramento – Yuyu Hakusho

http://www.youtube.com/watch?v=0wJWDIIluT8

Abertura – Shaman King

http://www.youtube.com/watch?v=T3QIox3aQW0

Abertura – Tenchi Muyo

http://www.youtube.com/watch?v=KY_zYQ4RO_U

Abertura – El Hazard

http://www.youtube.com/watch?v=yq-QULjVkTw

Abertura – Monster Rancher

http://www.youtube.com/watch?v=4G6unm59P4I