Os melhores de 2010

Feliz Ano Novo pessoal! Que 2011 seja ótimo para todos vocês! E é para começar o ano muito bem que venho com o grande post dos melhores de 2010. Aproveite para relembrar o que tivemos de melhor nesse ano que passou, aproveite e deixe os seus favoritos também. Vamos lá:

Continuar lendo

Durarara!! – Conclusão

Olá a todos, como estão? Eu estou com uma leve dor no ombro esquerdo, espero que melhore quando eu acordar. Mas tirando isso tive um bom sábado, espero que vocês também! Hoje continuo com os posts de conclusão, possivelmente um dos mais esperados (pelo menos por mim), o de Durarara!!.

Continuar lendo

Durarara!! – Primeiras impressões

Hello folks! Dando um intervalo na semana de comemoração de 1 ano do blog, hoje finalmente sai meu post sobre as primeiras impressões do anime Durarara!!

A primeira coisa que eu pensei quando esse anime foi anunciado foi: Como diabos se fala o nome desse anime em não-japonês? É tipo,  “Kuririn”, podia ser “Kulilin”, “Krilin”, “Klilin” ou “Kuririn” mesmo! Da mesma forma ficava Durarara!!, são L’s, R’s?! Ah, meu Deus! E agora?

Bem, fazendo minhas pesquisas sobre o anime antes de começar a escrever, descobri de onde vem esse título: Durarara na verdade vem de Dullahan, uma lenda irlandesa sobre um ser que carregava sua cabeça nos braços enquantava cavalgava um cavalo também sem cabeça (com algumas variações de acordo com a região, algo natural em qualquer lenda). Acredita-se que Dullahan seja a personificação de um deus céltico, Crom Dubh, deus da fertilidade, que todos os anos exigia um sacrifício humano. Com a chegada dos cristões e consequente diminuição na crença nos deuses pagãos, Crom Dubh foi obrigado a tomar uma forma humana, Dullahan, e tomar seus sacrifícios ele mesmo. As variações são muitas, mas essa é a lenda no geral. Dullahan praticamente não fala, apenas diz um nome quando sai, e a pessoa do nome terá certeza que não conseguirá sair viva.

Ok, depois desse pequeno resumo folclórico céltico, voltamos à animação japonesa. Baseado em uma light novel de mesmo nome e que hoje conta com 6 volumes, o anime Durarara!! é animado pelo estúdio Brains Base e dirigido por Takahiro Omori. Isso tudo é familiar pra você? Bem, deveria! Do mesmo criador, estúdio e diretor do fantástico Baccano!, Durarara!! chega com uma qualidade extrema, já se colocando à disposição para ser o melhor anime do ano se manter a média.

A história é rápida, assim como seu “irmão”, Durarara!! não dá tempo do espectador respirar, muitos personagens são apresentados logo no primeiro episódio. Para quem viu Baccano! sabe que não precisa se preocupar, no fim todos terão seu sentido explicado na história.

Mas qual é a história afinal? O anime tem como protagonista Mikado Ryūgamine, um garoto que passou a vida em uma cidadezinha até aceitar um convite de seu amigo de infância, Kida Masaomi, para ir estudar em Tóquio, mais exatamente em Ikebukuro, um distrito da cidade. O lugar, como qualquer metrópole, está sempre pulsando, o que amedronta e fascina Mikado ao mesmo tempo. Além disso, a área é conhecida por brigas entre gangues.

Sim, falei, falei, falei e ainda nada do cavaleiro sem cabeça. Ele está lá, mas dessa vez em uma moto negra, trabalhando como uma espécie de entregador, cumprindo missões. É interessante notar a atualização de uma lenda céltica ao entretenimento japonês do século XXI. Sua cabeça fica em um capacete com orelhas de gato e sua característica de falar pouco é adaptada para um Dullahan que se comunica através de mensagens do seu celular.

Durarara!!, nesses dois primeiros episódios que assisti se mostrou um anime completo. Ótima abertura, sound track bem adaptada às cenas, sequências de ação bem feitas, sem fanservice, personagens únicos e carismáticos, sem contar com a animação afiadíssima do estúdio Brains Brase.

Resumindo tudo, é um must seen.

Fonte: http://www.dullahan.com/

Imagens retiradas de: http://randomc.animeblogger.net/

Temporada de Inverno 2009/2010 (Atualizado em 06/01/10)

Olá a todos! Antes de começar o post queria informar que agora o blog tem uma conta no Twitter: @Gyabbo. Entre lá pra seguir e saber sempre das novidades do Gyabbo! e outras coisas desse meio. (Dá pra ver ali embaixo, na coluna da direita também).

Cada ano que passa parece que as coisas passam mais rápidas! Já estamos chegando ao final do ano, o Gyabbo! logo logo faz um ano e a nova temporada de inverno já começou (apesar de que a maioria só começa em janeiro mesmo).

Como de costume, hoje irei comentar sobre os animes que irei assistir com toda certeza, o que na verdade são poucos. Essa temporada de inverno está bem 8 ou 80, ou você tem animes que parecem fantásticos ou animes que eu nunca iria querer assistir. Mas vamos parar de enrolar e ir à lista.

Durarara!! (07/01)

Sendo sincero, não estou tão empolgado assim com Durarara!! quanto muita gente que eu vejo por aí. Vi o promo vídeo e não bateu a sensação de “Eu TENHO que ver isso!”, mas a grande questão é;

  • Diretor: Omori Takahiro
  • Estúdio: Brains Base
  • Criador Original: Ryohgo Narita

Percebem? São diretor, estúdio e criador de Baccano!, uma das maiores surpresas dos anime nos últimos anos . Quer dizer, se as mesmas pessoas fazem outro anime, você tem que ver!

Além disso, é claro que Durarara!! não vai fazer seu nome somente por causa de outro anime. A ideia de enfrentamento entre gangues nas noites japonesas e um motociclista sem cabeça é uma premissa muito interessante. Serão 24 episódios e se manter metade da qualidade do seu irmão famoso, Durarara!! tem tudo pra entrar entre os melhores do ano.

Dance in the Vampire Bund (07/01)

Depois do sucesso de Crepúsculo a onda de vampiros renasceu e várias coisas envolvendo os imortais apareceu, logo, não dava pra esperar que isso não chegasse aos animes. Dance in the Vampire Bund, assim como as novas produções sobre vampiros tem uma abordagem diferente. Aqui os vampiros não mais se escondem, após pagar a dívida externa do Japão, a rainha de todos os vampiros, Mina Tepes, cria uma distrito somente para as criaturas da noite. Apesar do desejo de Mina que as duas “raças” vivam em paz, extremistas de ambos os lados não irão permitir que as coisas sejam tão simples.

Com uma animação belíssima feita pelo estúdio SHAFT (algo redundante de falar), Dance in the Vampire Bund pode afugentar alguns por dois motivos, (1) o aspecto loli da protagonista, e aqui as coisas são levadas a um outro nível, chegando a mostrar a nudez da rainha dos vampiros já no PV. Apesar de não  tolerar fanservice de lolis, pretendo assistir Dance in the Vampire Bund sem medo por acreditar que esse não é o foco da série. Outra coisa (2) são as cenas gores, de extrema violência visual.

Dance in the Vampire Bund não parece ser um anime para todos, mas acredito no sue potencial!

Katanagatari (15 de Janeiro)

Sinceramente, olhem para essa imagem! O estilo da arte de Katanagatari é tão diferente, tão bonito! Foge dos clichês de sempre, principalmente do aspecto moe que estava tomando muitas produções. Lembrando o cartoon Samurai Jack, Katanagatari é o anime que eu mais espero dessa temporada de inverno. Tratando-se de um anime de aventura onde a general Togame e Yasuri Shichika saem em buscas de 12 espadas lendárias.

O grande “problema” é que o anime será lançado uma vez por mês, totalizando 12 “episódios”, cada um com uma hora de duração. Se queriam ser diferentes, com certeza conseguiram!

PS: É baseado em uma novel do mesmo criador de Bakemonogatari.

So Ra No Wo To (04/01)

Er… continuação de K-ON!? Não, apesar da trama ser sobre cinco garotas de aspecto moe que tocam instrumentos musicais em um mundo devastado por guerras, So・Ra・No・Wo・To é a primeira animação de um novo bloco chamado Anime no Chikara, onde irão ao ar somente animes originais.

A premissa é bem interessante e pelas imagens liberadas o trabalho parece ter sido muito bem realizado..Além disso, as expectativas são altas por causa do bloco, animes originais são sempre bem-vindos e normalmente dão ótimas produções.

Esses são os quatro animes que irei assistir com toda certeza. Ah, tem o final de Nodame Cantabile, mas esse eu nem preciso comentar né? É claro que é possível que eu comece a assistir outros, até por estar de férias, mas por enquanto é isso!

E vocês? O que pretendem ver?