Love Hina (relançamento) – Editora JBC – Vol.1

Aviso de manga cedido

Onze anos depois de chegar pela primeira vez ao Brasil é a vez da pensão Hinata retornar em grande estilo ao Brasil!

Capa-Love-Hina-1-Editora-JBC

Continuar lendo

Senran Kagura – Primeiras impressões

Senran Kagura - OP - Large 01Do que você sentia mais falta no plantel de jogos do Nintendo 3DS? Aparentemente a resposta para o produtor de games Kenichiro Takaki era “Peitos em 3D!”.

Afinal, quem liga para os seios reais de mulheres reais quando se pode ter peitos em três dimensões direto na tela do seu console portátil?

Assim nasceu a franquia Senran Kagura.

Continuar lendo

Yakuza Girl – Editora Nova Sampa – Vol.1

Como eu havia dito no meu post sobre a coletiva da editora JBC, a Fest Comix me deu a possibilidade de conseguir muito material para ler e trazer aqui para vocês. E com certeza algo que muita gente queria saber era, afinal, como havia ficado a nova empreitada de Marcelo Del Greco após sua saída da JBC. É claro que eu aproveitei a oportunidade e comprei os dois títulos lançados (sendo sincero, mais para comentar para vocês do que por interesse pessoal), por isso vamos começar falando sobre Yakuza Girl.

Double-capa-Yakuza-Girl

Continuar lendo

Busou Shinki – Primeiras impressões

Quando eu comecei o blog, logicamente eu fui atrás de muitas leituras. Artigos, sites especializados, fóruns, outros blogs, eu queria saber o que e como se falava de animes e mangas pela internet. Uma das minhas primeiras fontes que parei realmente para ler constantemente foi o blog Maximum Cosmo do Alexandre Lancaster. E entre os vários artigos que li por lá, uma frase marcou muito a forma como eu passei a ver o – mercado de – anime:

Um anime é um grande comercial de 26 minutos do mangá que o originou.

Apesar de originalmente focar nas adaptações de mangas, podemos – e sei que o Lancaster há de concordar comigo – enxugar essa máxima retirando sua última parte. Podemos até discutir em outro momento como a indústria de animação japonesa se vê como criadora de arte e como indústria de mero entretenimento – ainda que as duas coisas não necessariamente precisam estar separadas -, mas a verdade é que isso seria mais a exceção que confirma a regra: Anime é feito pra vender. E muitas vezes não é para vender nem o próprio anime.

E é essa a forma mais perfeita para definir o anime que irei comentar neste post, o recém lançado Busou Shinki.

Busou Shinki - OP - Large 06

Continuar lendo

Por que não simpatizo com a maioria dos animes ecchi?

Então pessoal, domingo terminando, com ele o final das minhas férias também está chegando próximo do fim, praticamente uma semana sobrando apenas, esse ano promete ser duro! Mas vou buscar aproveitar esses poucos dias que me restam.

Eu ia escrever sobre o lançamento de Sailor Moon em DVD e o porquê de eu estar achando que estamos prestes a ver um grande #Fail, mas um outro assunto acabou vindo à tona e mudei meus planos.

Hoje eu estava tranquilo no Twitter, sem muito o que fazer depois de mais uma vitória do Flamengo, quando resolvi colocar o link do formspring do blog para receber algumas perguntas. Entre elas, recebi esta:

Porque você odeia tanto o ecchi? Não gosta de ver garotas bonitas em situações interessantes?

Continuar lendo