Nurarihyon no Mago – Primeiras impressões

Olá a todos! Como estão? Eu ando meio cansado, férias com curso de férias não é férias… mas pelo menos está sendo bem mais proveitoso que uma matéria que eu fiz durante o último período, definitivamente.

Já viram? Lancei os resultados da primeira enquete do Censo Gyabbo! (veja no post logo em baixo) e uma nova já está criada, dessa vez para saber a idade de vocês. Conto novamente com os seus votos para que eu possa conhecê-los cada vez melhor, a nova enquete já se encontra no menu do blog ao seu lado direito.

Mas sem mais demoras, hoje o post se trata do anime Nurarihyon no Mago.

Continuar lendo

Temporada de Verão 2010

Olá a todos, como estão? Eu estou um pouco frustrado. Por algum motivo desconhecido meu notebook resolveu não rodar mais os animes que baixo com qualidade. Tudo começou quando as legendas de uns animes não apareciam. Resolvi fazer upgrade dos codecs e agora qualquer arquivo Matroska fica com rápidos piscares e de 10 em 10 segundos o som se cala. Uma palavra: Argh.

Mas deixando minhas lamentações de lado hoje é o dia para o tipo de post mais tradicional do blog, onde coloco os animes da nova temporada, no caso a de verão, que assistirei com toda certeza!

Apesar da pequena quantidade de séries para essa nova temporada, apenas 15, talvez ela não seja tão fraca quanto possa parecer. Eu admito que a primeira vista já fui julgando-a muito mal, principalmente ao comparar com a do ano passado, mas vejam alguns exemplos do porquê eu ando acreditando bastante nela:

Nurarihyon no Mago (5 de Julho)

Durante a temporada de Outono do ano passado um shounen com ar meio diferente me chamou bastante atenção. Letter Bee prometia um pouco de ar fresco ao shounen, mas no final a série não conseguiu me fazer sentir a mesma coisa enquanto a assistia. Nesta temporada Nurarihyon no Mago trás para mim a mesma sensação sendo shounen, mais especificamente, é material da Shounen Jump, contando com 10 volumes compilados.

A história é bem simples, Rikuo Nura é o herdeiro do clã de youkais Naruri, sendo parte humano e um quarto youkai. Vivendo em uma casa cheia de espíritos, Rikuo procura fazer boas ações pois não tem nenhuma pretensão de virar um youkai.

A animação fica por parte do estúdio DEEN, que apesar de não ser um primor de estúdio, consegue entregar bons materiais. Outra coisa que chama atenção em Nurarihyon no Mago, além da sua trama simples, mas com muitas opções e seu character design, são seus seiyuu’s; Rikuo é dublado por Fukuyama Jun, o mesmo da voz de Lelouch. E ainda temos no elenco a famosa e sempre bem-vinda Hirano Aya.

Shi Ki

A primeira coisa que precisa ser comentada sobre Shi Ki é que é ele que estará tomando o horário do prestigiado bloco Noitamina, logo, desde o começo ele já figura entre os meus favoritos da temporada, independente do estilo.

Mas ainda que Shi Ki não estivesse no bloco, acredito que ainda estaria nesse lista. Sua história pode ser um pouco clichê, afinal, não é a primeira vez que um anime fala sobre um vilarejo afastado no Japão onde mortes começam a acontecer sem nenhuma explicação ao mesmo tempo que novos moradores chegam.

Baseado em um manga que atualmente conta com 7 volumes (e que por sua vez foi baseado em uma novel de 1998), Shi Ki promete trazer o horror e o suspense que eu achei que Dance in the Vampire Bund iria trazer e não conseguiu. Além disso, a história semelhante à franquia Higurashi também impossibilita que comparações não sejam feitas, mas eu não sou grande fã da mesma, e aposto que esse clichê japonês será bem melhor trabalhado em Shi Ki.

A animação porém, apesar de bonita nas imagens e traillers que surgiram, me deixa um pouco apreensivo por estar a cargo de um anime com pouquíssima experiência, o estúdio Daume.

Duas coisas me chamam atenção na parte da dublagem; primeiro o fato da participação do famoso cantor Gackt. Não é a primeira vez que o bloco Noitamina usa de famosos da música para chamar atenção de uma produção sua, como foi o caso de Higashi no Eden com Oasis, mas por enquanto não sabemos se a participação do cantor se limitará apenas à dublagem ou se ele fará parte da OST. O outro ponto é a participação da seiyuu Yuuki Aoi, que apesar de nova (apenas 18 anos), tem uma voz potente, marcante e muito versátil, como podemos perceber nas personagens Noel (Sora no Woto), Mina Tepes (Dance in the Vampire Bund) e Shinra (Durarara!!).

Seikimatsu Occult Gakuin

O último dos três animes anunciados para o bloco de produções inéditas, o Anime no Chikara, Seikimatsu Occult Gakuin tem uma premissa mais interessante que Sora no Woto, mas menos que Senkou no Night Raid. A verdade é que o futuro do bloco pode estar nas mãos de Occult Academy, já que a repercussão dos outros animes não foram tão grandes como poderia se esperar (o que em grande parte se deu por culpa dos próprios produtores. Sim, estou falando de Sora no Woto). Misturando uma animação muito bonita (e aqui não podemos falar mal do bloco) feita pelos estúdios A-1 e XEBEC, com um enredo totalmente maluco, onde Kumashiro Maya é filha do diretor de uma escola japonesa privada voltada para o estudo do ocultismo e Uchida Fumiaki é um viajante do tempo que veio de… 2012!

Sinceramente eu não sei bem o que esperar, mas não conseguiria deixar passar a possível última cartada da Aniplex no seu bloco, principalmente em se tratando de algo tão insano, misturando horror com comédia escolar.

E só para constar, a protagonista será dublada pela mesma seiyuu da Mio de K-ON!.

Highschool of the Dead

Essa temporada de verão está marcada por animes voltados ao horror, não que não tenhamos comédias e animes de aventura por exemplo, mas os mais marcantes estão nesse gênero que normalmente não atrai tanta atenção assim.

Highschool of the Dead com certeza é o anime mais esperado da temporada, principalmente pela feliz coincidência (ou será que não foi uma coincidência? Já diria o Mago Clow; “Não existem coincidências, apenas o inevitável”) do manga ter sido lançado a pouco tempo aqui no Brasil pela editora Panini. Misturando muito ecchi com muito sangue e zumbis, resultando em um balde de fanservice para todos os gostos, HOTD consegue escapar da simples obra genérica e voltada para otakus, por causa do seu enredo instigante e de tirar o fôlego. Quem leu o manga sabe do que estou falando.

Se a qualidade do roteiro e do traço do manga já não fossem suficientes para justificar esse anime como um dos mais esperados, ainda temos por trás dele a produção do estúdio Madhouse, meu favorito e um dos melhores do Japão! Através dos traillers que saíram é possível perceber que o estúdio conseguiu capturar a essência do manga e, acredito eu, pode vir a ser até melhor. O único problema está no pouco material de base, afinal, o manga só tem 6 volumes e acabou de voltar de um longo hiato. Mas isso pode muito bem ser solucionado pelas mãos do diretor Tetsurou Araki, que já dirigiu Black Lagoon, Aoi Bungaku e a série Death Note. Ainda contando com Kuroda Yousuke, roteirista do elogiado Honey & Clover.

Highschool of the Dead com certeza é a minha maior aposta dessa temporada. E eu nem gosto de ecchi, percebam.

Ainda existem outros animes em que estou de olho, mas esses eu não perderei, e você, quais já estão na sua lista?