Ai no Mukidashi – Love Exposure – J-movie

Primeiramente as apresentações. Me chamo Luiz Rodrigo (twitter), programador e empreendedor, apaixonado por matemática, linguística, música e outras coisas mais. Algumas vezes por mês vocês me encontrarão por aqui apresentando-os a alguns títulos que representam a diversidade que fez eu me apaixonar pelo cinema japonês, coreano e até mesmo chinês. O objeto dessa minha primeira resenha foi escolhido especialmente por possuir diversas das características que me atraem, portanto, espero que gostem.

De cara eu devo comentar que Love Exposure é um grande Hit or Miss: ou você ama ou você odeia. Espero que você seja um dos que ame, pois esse longa aqui levará quatro horas do seu tempo, mas eu adianto: compensa.

Ai no Mukidashi - Love Exposure

Continuar lendo

Anime, manga, fãs e religião – É possível?

Hoje é Natal! Gostaria de desejar a todos um ótimo dia de Natal e que Deus abençoe a todos. Aproveitando o momento, gostaria de convidá-los a um debate acerca da relação dos animes, mangas, os fãs, a sociedade em que vivemos e o cristianismo. 

Antes de começar a desenvolver a minha ideia preciso comentar da minha própria religosidade. Com uns 11 anos me considerava ateu, muito mais por rebeldia pueril do que por convicção verdadeira. Mais ou menos com essa idade que fui obrigado pelos meus pais a fazer aulas de cataquese, com o intuito de fazer a primeira comunhão. Não irei entrar em muitos detalhes, mas esses são pequenos “ritos” de crescimento dentro da religião católica; batismo, primeira comunhão, crisma e outras.

Ao contrário do que se poderia pensar, o fato de ter sido obrigado a ter “aulas sobre Deus” todos os sábados durante dois anos não aumentou minha vontade de ser ateu, ao contrário, abriu meu coração para receber Deus e crer em Jesus. Mesmo não sendo praticante, não indo muito a missa e tendo me confessado apenas uma vez, ali eu havia me tornado um católico de corpo e alma. Continuar lendo