Karin – Editora Panini – Vol. 1

(Análise feita apenas com o primeiro volume cedido pela própria editora)

No final de Novembro chegou às bancas da Fase 1 do país o mais novo lançamento da editora Panini (sem contar com Blood Lad que deve chegar nas bancas agora em Dezembro); Karin. Escrito e desenhado por Yuna Kagesaki, a obra foi publicada originalmente na revista mensal Dragon Age, a mesma de outros títulos lançados pela editora italiana como Highschool of the Dead e Chrono Crusade. Entre 2003 e 2008 chegou a oito volumes, recebendo também uma versão animada em 2005 pelo famoso estúdio J.C. Staff.

Neste manga temos a protagonista Karin Maaka, filha de uma família de vampiros, mas que possui características bem diferentes. Ao contrário de seus pais e irmãos, ela pode sair de dia e na verdade odeia a escuridão. Porém, sua maior diferença está na sua relação com o sangue. Ao invés de sugar, em determinado período do mês ou quando está perto de um tipo de pessoa (descobrimos depois que cada vampiro se sente atraido por um tipo de sangue, Karin “gosta” do sangue de pesssoas infelizes) seu corpo começa a produzir sangue em abundância e a garota precisa coloca-lo pra fora, seja através de explosões nasais que remetem ao clichê dos mangas da excitação masculina ou seja mordendo tal pessoal e “doando” seu sangue.

Continuar lendo

Dance in the Vampire Bund – Conclusão

Olá minha gente! Estamos próximos da estréia da nova temporada de animes, a de Verão, e vocês podem esperar já para o próximo domingo meu post tradicional sobre as séries que assistirei com certeza. Mas estou guardando uma surpresa para vocês, que se tudo der certo vai ser algo muito bom a ser lançado antes do dia 1º de Julho, marco da nova temporada.

Mas hoje não é hora de pensar no futuro e sim no passado, por isso o post será a minha conclusão do anime Dance in the Vampire Bund.

Continuar lendo