Who Fighter e O Coração das Trevas – Editora HQMangá

Olá minha gente, como estão? Eu estou gripado, acho que já na parte da melhora, mas ainda sim ruim. Só espero estar bem até terça-feira quando viajarei para São Paulo! Se você for de São Paulo entre em contato para fazermos algo (fico imaginando uma ida a um karaoke na Liberdade… er… ok, parei com o momento otaku).

E você já votou na nova enquete do “Censo Gyabbo!”? É logo aqui ao lado no menu à direita, dessa vez quero saber de onde são meus leitores, conto com seus votos e comentários dizendo de que cidade são!

Mas e o post de hoje? Vocês já devem ter percebido que venho mantendo posts sobre mangas. Andava meio entediado sobre comentar só sobre animes. Ainda tenho alguns para falar, mas fica para outra hora. Hoje vamos com mais um manga que saiu nas bancas do país recentemente; Who Fighter e O Coração das Trevas.

Publicado pela HQM Editora no selo HQMangá (o mesmo dos nacionais Vitral e O príncipe do best-seller), Who Fighter e O Coração das Trevas é na verdade uma pequena coletânea com três curtas histórias que envolvem o tema militar, principalmente a Segunda Grande Guerra, desenhadas pelo autor Seiho Takizawa.

A primeira, Who Fighter, com certeza a melhor de todas as três, é uma junção de teorias conspiratórias militares com ficção científica (OVNI’s). Nessa primeira história temos o tenente Kitayama, exímio piloto que um dia acaba sendo testemunha de um fenômeno extensamente comentado durante a primeira metade do século passado na II Guerra Mundial, objetos voadores não identificados conhecidos como “Foo Fighters”, semelhantes à imensas esferas de fogo. Após esse encontro, Kitayama é colocado em uma trama de teorias militares, espiãs e sobrenaturais que envolvem o leitor de uma forma progressiva até o clímax onde se vai muito além da imaginação.

A segunda história, O Coração das Trevas, é uma curta adaptação do famoso romance do autor britânico Joseph Conrad. Aqui as coisas são um pouco mais “normais”, entretanto, com um enredo mais confuso, nada que tire a qualidade do capítulo, porém. O Primeiro-Tenente Maruo é mandado em uma missão para trazer de volta um coronel desertor que se fechou à sociedade junto dos seus soldados para criar uma nova sociedade.

Aqui o ponto central é o reflexo da II Guerra Mundial nos soldados que sobreviveram, ou pelo menos que viveram fisicamente ao inferno. Novamente, as teorias conspiratórias estão presentes, o que deveria ser uma simples missão se torna algo bem diferente quando Maruo avança selva à dentro.

Por último temos a curtíssima Tanques, que em meras oito páginas consegue brilhar no meio das três finalizando o volume único do manga em alta qualidade. É complicado falar da história, mas a ideia é simples na verdade; enquanto houver armas haverá guerras. Enquanto houver guerras, haverá armas.

Rápida, mas fantástica.

Com um trabalho gráfico simplesmente perfeito pela HQM Editora (sério, provavelmente o melhor trabalho de todos os lançamentos no mercado, o único problema foi a cola da contra-capa, mas nada que realmente crie um problema), um traço mais realista do que o que se costuma lançar no país e histórias feitas para escavar a mente do leitor, Who Fitghter e O Coração das Trevas é mais do que recomendado, é obrigatório para uma boa coleção de mangas. Que a editora lance mais coisas do tipo e com a mesma qualidade no futuro!

Esse post foi publicado em Mangas, Mangas lançados no Brasil e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Who Fighter e O Coração das Trevas – Editora HQMangá

  1. leandrobh disse:

    Esse mangá é genial, grata surpresa da HQM!

  2. Matt disse:

    Legal, não fazia idéia do que o mangá tratava. Obrigado pelo resumo \o

  3. murilo disse:

    Eu cheguei a resenhar esse mangá, mas para mim as duas primeiras histórias tem mensagens implícitas na história, aindam ais fortes que a de Tanques.

  4. Amauri disse:

    Comprei esse mangá na internet está pra chegar, graças ao Review agora já estou por dentro da história e sei que posso esperar um Traço majestoso ^^

    Parabéns, ótimo review

  5. Nossa! Que edição bonita em! Vou ler mais sobre ele.

Os comentários estão encerrados.